Free Shoutcast HostingRadio Stream Hosting

domingo, 31 de outubro de 2010

COMUNICADO

O Bunker da Cultura, não é, nem será um blog ou meio de comunicação temporário em período eleitoral. Será, a partir de hoje, um meio de informação que cobrará, mostrará e ensinará a quem estiver desagradado ou nunca concordou com o PROJETO DE PODER DO PT: da corrupção, da quadrilha que quer se adonar do país e dos cidadãos em prol de seu projeto megalomaníaco, retrógrado e reacionário.
O que sempre o PT soube fazer foi oposição ferrenha baseada em mentiras. Agora é a nossa vez de fazê-la, mas com as verdades omitidas ao longo dos oito anos de Lula e dos quatro anos vindouros de Dilma.
Oposição. Tolerância zero - se eles acham que não existe oposição organizada, militância, que se crie esta militância, com informação e qualidade haverá. Não será a militância burra e massa de manobra que o PT sempre formou.
Ganharam o pleito, parabéns! Apesar de tantas irregularidades e perguntas sem respostas...  Pois respondendo às questões se matariam pelos seus próprios erros.

Para começar, aqui vai o nosso primeiro brado, o nosso primeiro convite, a nossa primeira declaração de guerra: “Fora, Dilma!”, “Fora, socialismo”! “Fora, corrupção!” “Fora, pelegos!”.
O filosofo alemão Arthur Schopenhauer, que certamente filósofos, intelectuais e historiadores devem conhecer muito bem, escreveu:
“Utilize as informações dadas pelo inimigo contra ele próprio, e cobre muito, baseado nas afirmações ou argumentos declarados.
Deixo aqui a primeira pergunta aos petistas vitoriosos:
Como a incompetente presidente explicará e resolverá o problema da dívida interna e externa que omitiu dos eleitores que fechará o ano na casa de 1.500.000.000.000,00 de dólares?
Caros eleitores, essa é apenas uma entre tantas coisas omitidas pelo PT ou que foi maquiado para essa eleição que muito em breve surgirá como num passe de mágica e não terão o argumento do governo anterior, pois o governo anterior eram eles mesmos, e aí como ficará? Quem será o bode expiatório dessa vez? Manterá FHC como o eterno culpado por tudo de errado que aparece no Brasil? Assumirão a sua incompetência e as roubalheiras que sempre prejudicaram nosso país?
Essa nova novela dará muito que falar, mas não podemos apenas assistir. Vamos nos mobilizar e ficar atentos. Assim como eles de forma injusta e mentirosa combateram outros governos, agora é a nossa vez! Fora Dilma! Está lançada a campanha em conjunto com uma infinidade de blogueiros espalhados pelo Brasil e exterior, lutando para salvar o Brasil dos PTRALHAS comunistas.

Prof. Marlon Adami

Olavo de Carvalho

Este é o video inspirador da oposição e que devemos rever e ficarmos atentos!

Assistam.....

A PELEGADA LEVOU NOVAMENTE, VÃO TER QUE MOSTRAR O QUE ACORJA TEM DE BOM PARA A NAÇÃO

O Bunker da Cultura, não é, nem será um blog ou meio de comunicação temporário em periodo eleitoral. Será, a partir de hoje, um meio de informação que cobrará, mostrará e ensinará a quem estiver desagradado ou nunca concordou com o PROJETO DE PODER DO PT : da corrupção, da quadrilha que quer se adonar do país e dos cidadãos em prol de seu projeto megalomaníaco, retrógrado e reacionário.
O que sempre o PT soube fazer foi oposição ferrenha baseada em mentiras. Agora é a nossa vez de fazê-la, mas com as verdades omitidas ao longo dos 8 anos de Lula e dos 4 anos vindouros de Dilma.
Oposição. Tolerância zero - se eles acham que não existe oposição organizada, militância, que se crie, esta militancia, com informação e qualidade haverá. Não será a militância burra e massa de manobra que o PT sempre formou.
Ganharam o pleito, parabéns! Apesar de tanta irregularidades e perguntas sem respostas...  pois respondendo às questões se matariam pelos seus próprios erros.
Deixo aqui o post do blog COTURNO NOTURNO que é exatamente o que nós derrotados, injustiçados e vítimas deste partido corrupto, incompetente, populista e sem escrúpulos devemos fazer desde já.

Em 25 de janeiro de 1999, Tarso Genro(PT) escrevia um artigo na Folha de São Paulo, com o título “Por novas eleições presidenciais”. Um parágrafo chamava atenção:

Após frustrar irremediavelmente a generosa expectativa da nação, resta a Fernando Henrique uma única atitude: reconhecer o estado de ingovernabilidade do país e propor ao Congresso uma emenda constitucional convocando eleições presidenciais para outubro, dando um desfecho racional ao seu segundo e melancólico mandato, que terminou antes mesmo de começar.

Ali foi oficializado, como diretriz partidária e linha de conduta política,  o “Fora, FHC”, que levou à eleição de Lula em 2002. O PT passaria o segundo mandato inteiro de Fernando Henrique Cardoso sabotando todas as iniciativas e pregando a derrubada do governo. Espalhando a mentira, a calúnia, jogando com todas as armas contra a democracia.Exatamente como fez agora, na campanha presidencial de 2010, tendo à frente o maior golpista que o Brasil já conheceu em sua história: Luiz Inácio Lula da Silva, um presidente que pisou e rasgou a Constituição Federal por meio dos mais diversos subterfúgios , burlando as leis, fraudando as obrigações do seu cargo, desafiando o Legislativo e o Judiciário.

Hoje, mais de 10 anos depois, é o nosso 2002. É a nossa vez de não dar trégua. O que os eleitores que votaram em José Serra querem é tolerância zero. Não queremos discursos de paz. Queremos uma oposição aberta, dura e sistemática, contra tudo e contra todos do governo Dilma Rousseff, não apoiando nenhuma das suas iniciativas,  pois de outra forma jamais nos livraremos desta praga que tomou conta do país, deste  lulo-petismo que caminha para virar um socialismo bolivariano. Queremos Oposição com letra maiúscula. Queremos uma defesa radical do estado de direito e da democracia. Não queremos o falso patriotismo que esconde a covardia.  A compreensão que mascara o medo.  A concordância que maquia o jogo interesseiro do poder. Nada de tergiversar. Nada de aliviar. Nada de poupar. Que a oposição que ainda resta respeite os milhões que votaram contra o PT, contra a corrupção, contra esta república pelega. Respeitem os seus eleitores. Respeitem o Brasil. De agora em diante, queremos tolerância zero. Nós vamos continuar lutando com mais força . Com mais contundência. Sem complacência. Que José Serra não esqueça o que disse na sua campanha: quanto mais mentiras eles disserem sobre nós, mais verdades diremos sobre eles.

A oposição deve mirar-se no que Tarso Genro, representando oficialmente o PT afirmou no seu discurso golpista de 1999:

Trata-se de reconstruir economicamente o país, o que só será possível pelo rompimento do círculo perverso de dependência ao capital especulativo, inaugurando um novo ciclo de desenvolvimento com geração de emprego, uma nova etapa de acumulação pública e privada, de proteção do parque produtivo instalado e de criação de um consistente mercado de massas. E de viabilizar o aprofundamento do Estado democrático de Direito, com a defesa da Constituição e das instituições nacionais e com a plena afirmação da cidadania, constituindo os fundamentos para um novo projeto nacional capaz de reconciliar o Estado com a sociedade e a história com o nosso destino de nação soberana.

É exatamente o que vamos pregar e cobrar neste Blog, a partir de hoje. A prática bem sucedida do mesmo discurso que levou o PT ao poder e que, com estas eleições, ficou comprovado ser o único que pode extirpar este câncer que tomou conta do país. Para começar, aqui vai o nosso primeiro brado, o nosso primeiro convite, a nossa primeira declaração de guerra: “Fora, Dilma!”, “Fora, socialismo!”, “ Fora, corrupção!”, “Fora,pelegos!”.
O filosofo alemão Arthur Schopenhauer, que certamente filósofos, intelectuais e historiadores devem conhecer muito bem, escreveu:
" Utilize as informações dadas pelo inimigo contra ele próprio, e cobre muito, baseado nas afirmações ou argumentos declarados.
Deixo aqui a primeira pergunta aos petistas vitoriosos:
Como a incompetente presidente explicará e resolverá o problema da dívida interna e externa que omitiu dos eleitores que fechará o ano na casa de 1.500.000.000.000,00 de dólares?
Caros eleitores, essa é apenas uma entre tantas coisas omitidas pelo PT ou que foi maquiado para esssa eleição que muito em breve surgirá como num passe de mágica e não terão o argumento do governo anterior, pois o governo anterior eram eles mesmos, e aí como ficará? Quem será o bode expiatório dessa vez? Manterão FHC como o eterno culpado por tudo de errado que aparece no Brasil? Assumirão a sua incompetência e as roubalheiras que sempre prejudicaram nosso país?
Essa nova novela dará muito o que falar, mas não podemos apenas assistir. Vamos nos mobilizar e ficar atentos. Assim como eles de forma injusta e mentirosa combateram outros governos, agora é a nossa vez!!! Fora Dilma! Está lançada a campanha!
Prof. Marlon Adami
Coturno Noturno

Bem meus amigos, chegou a hora de livrar o Brasil do atraso e da burrice.
Vamos por para correr a Sebenta e toda camarilha de socialistóides, esquerdopatas, bostivarianos, sindicalistas e desocupados que estão loteando o governo e as empresas administradas por ele.

Façam um PTralha trabalhar, votem no Serra.
Votem com consciência e com a certeza de um futuro LIVRE e DEMOCRÁTICO!!!!
Mandem a terrorista de volta para o buraco do esgoto de onde jamais deveria ter saído!!!

Eleição Halloween

Por Jorge Serrão

Eleição no Dia das Bruxas, com o monstruoso esquema político tupiniquim, é uma ironia aterrorizante da História. Uns vão apostar na Bruxa. Outros votarão no Vampiro. Mas já se sabe que o vencedor será a Mula Sem Cabeça do PMDB. Este Frankenstein é quem dá as cartas no jogo da politicagem brasileira. E PT saudações.

Para a Oligarquia Financeira Transnacional que comanda os negócios globalitários, tanto faz se a mágica urna eletrônica indicará a Bruxa, o Vampiro ou a Mula Sem Cabeça. O Brasil continuará governado do mesmo econômico. O que pode variar, um pouco, é o esquema de politicagem. No mais, tudo muda para ficar a mesma coisa.

Os especuladores, os bancos e as empreiteiras nunca tiveram tão tranqüilos na véspera de uma eleição que se decide apenas no joguinho de aparências do Teatro do João Minhoca. Os eleitores atuam como marionetes no banquinho da plateia. Uns ficarão feito torcedores fanáticos na arquibancada. Outros nem vão aparecer para a dedada na urna pós-moderna.

O espetáculo é mágico. Em duas ou três horas após o fim da votação, teremos o milagre da proclamação do “vencedor”. Milagrosa a velocidade com que são inseridos os dados das urnas para a totalização final dos votos. A rapidez causa estranheza. Na eleição passada, Lula foi emplacado vencedor em tempo recorde. Logo mais a história deve se repetir...

Enfim, o negócio agora é curtir o Halloween eleitoreiro. O resultado político, verdadeiro, vem alguns meses depois, quando o chefão Lula tiver de passar o bastão para sua candidata ou para o suposto opositor. Até lá, tudo caberá em um filme de Zé do Caixão, estrelado pelo Harry Potter

Núcleo do Poder Mundial

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Arlindo Montenegro

Agradeço a Manoel Vigas, um amigo virtual, que enviou o pdf do "Wall Street and the Rise of Hitler", escrito por Antony Sutton, livro que revela quem, como, quando e onde, um grupo identificado como “A Ordem”, tem agido durante séculos, com o objetivo específico de mudar as formas de organização da sociedade, no rumo que recentemente se tem conhecido como a Nova Ordem Mundial.

Neste vídeo legendado, publicado pelo site Midia a Mais, Sutton fala da contribuição de Wall Street, de banqueiros internacionais, para o desenvolvimento dessas formas específicas de socialismo e revela um pouco das pressões e perseguições que sofreu por conta de suas pesquisas e livros publicados.
http://vimeo.com/13790265

A vida profissional de Sutton foi praticamente destruída. Ele pagou um alto preço por dizer verdades. Para mais detalhes de sua notável biografia,clique aqui, aqui e aqui.

A Ordem (Skull Bones – sediada na Universidade de Yale) está presente em cada instituição norte americana, (Casa Branca, poder executivo; Congresso, poder político; no Direito; Partidos e grupos políticos; na Educação, Midia, Editoras, na rede bancária e no controle da Reserva Federal; nos negócios, indústria e comércio; e nas igrejas.

Está presente em cada segmento britânico a partir de Oxford, em cada organismo internacional ou grupo de poder como os Bilderberg, situados no terceiro escalão decisório. Na pirâmide de comando, acima dos Bilderberger, existe uma penumbra, uma área detentora de segredos mais bem guardados. Esta foi a área que Antony Sutton revelou em sua obra, mostrando que elementos estavam sendo alterados por conta da ação daquele grupo, no contexto americano e internacional.

Na lista de Sutton encontramos os segmentos do que vem sendo aplicado no Brasil, um dos laboratórios destas mudanças. No espaço tempo brasileiro e latino americano, as diretrizes foram passadas a partir da fundação do Diálogo Interamericano, em 1982, por iniciativa de David Rockefeller, com a presença de Lula, Fernando Henrique Cardoso, representantes da midia, empresários e outros "vips", ex presidentes de países da AL, intelectuais como o peruano Vargas Llosa, entre outros.

Em 1989, com a queda do muro de Berlim, Lula recebeu a terefa de fundar o Foro de São Paulo, agregando os radicais da esquerda e partidos comunistas. Estava montada a operação para enviesar o caminho político, facilitando a disseminação de idéias, preparando o terreno para a neo colonização dos "territórios selvagens".

Segundo Marcos Coimbra, a tarefa destes personagens é “o fiel cumprimento das normas ditadas pelos "donos do mundo", através da Trilateral, do Diálogo Interamericano e do Consenso de Washington. Estas ações de submissão, de entreguismo explícito, de subserviência incondicional, trouxeram, como conseqüência, a grave situação vivenciada pelos principais países da América Latina...”

No Brasil, as ordens foram configurados e cada fase cumprida, como documentado na obra de Antony Sutton:

“Educação - modo como a população do futuro irá se comportar”, isto é, doutrinação a partir da escola básica.

“Dinheiro - os meios de exploração de riqueza e de bens de troca”, controlados pelo estado.

“Lei - a autoridade para fazer cumprir a vontade do Estado, uma lei mundial e um tribunal mundial, é necessário para um (futuro) estado mundial”. Daí a onipresença e interferência da ONU.

“Política - a direção do Estado, Economia - a criação de riqueza”, ou seja, o estado na direção e controle da economia, Banco Central, Agências Reguladoras, alocação de recursos, cartões de crédito comprometendo a vida de cada pessoa.

”História - o que as pessoas acreditam ter acontecido no passado” ou seja a versão oficial da história desfigurada pela informação veiculada massivamente, nas escolas e mídias.

“Psicologia - os meios de controlar a forma como as pessoas pensam” utilizados para controlar as mentes, fortemente ativos na propaganda esmagadora.

“Filantropia - para que as pessoas pensem bem dos controladores” as empresas que cuidam dos projetos “comunitários”, vale a popularidade do governante também.

“Medicina - o poder sobre a vida, saúde e morte”, que sentimos em cada fila, nos planos de saúde, nas campanhas “contra” drogas, na ação de laboratórios internacionais, nas campanhas de vacinação, nas campanhas abortistas...

“Religião - crenças espirituais das pessoas, o estímulo à ação para muitos”, dividindo católicos e confundindo os outros cristãos e religiosos: cnbb, teologia da libertação.

“Mídia – indicando o que as pessoas devem saber, aprender e acreditar: comportamentos.”

“Continuidade - o poder de nomear o substituto que vai seguir os mesmos passos”. Cabe a carapuça?
A aparência de conflito entre opostos é essencial para estabelecer a mudança. “Hoje, este processo pode ser identificado na literatura da Comissão Trilateral, onde a "mudança" é promovida e"a gestão de conflitos" é chamada de meio para realizar esta mudança. Como ensinou Hegel, antecessor de Marx, Engels e Lenin, só se considera a liberdade de obediência ao estado. É exatamente o que o PT persegue no Brasil: a total obediência ao estado totalitário!

Arlindo Montenegro é Apicultor.

LULA JÁ ERA!

Essa campanha foi muito mais violenta de uma parte à outra. Sinceramente, acho que o candidato Serra sai menor dessa campanha porque a agressividade deles à companheira Dilma Rousseff é uma coisa que eu imaginava que já tivesse terminado na política brasileira”, disse Lula, hoje, após votar. É um absurdo o que este simulacro de presidente faz com a democracia e não aparece um repórter com coragem para perguntar: " presidente, o senhor sabia que boca de urna é crime?" José Serra, qualquer que seja o resultado, saiu muito maior destas eleições. Se não for eleito presidente, poderá fazer palestras, escrever livros, dar aulas em grandes universidades. Serra é um brilhante intelectual, um grande gestor e um acadêmico de primeira linha. E Lula, vai fazer o quê? O que Lula sabe fazer? Vai voltar a ser pelego de sindicato? Vai voltar a ser "presidente de honra" do PT? Vai servir de relações públicas dos governicos bolivarianos? Vai presidir o Foro de São Paulo, que fundou junto com o Fidel,para sustentar guerrilhas narcotraficantes e lutar pelo fim da democracia? Vai para o Conselho de Administração da Oi, por relevantes serviços prestados? Ou vai ser diretor da OLX, para quem está entregando o Pré-Sal? Lula sai muito menor da presidência da república. Já era pequeno, sai minúsculo. Não tem grandeza de um homem público. Lula saiu da pobreza, mas a pobreza de caráter não saiu dele.

Lula já era, ou melhor nunca foi, sempre soube que era bebado, ignorante, de oratoria decorada e demagogica. Neste 8 anos de lula pude ver o quão manipulado e ignorante politicamente é a população brasileira. Detectei todas as mazelas doutrinarias do partidão e Lula subindo no salto e tendo o poder e a vitrine a cabeça.
Admiro-me qdo ouço alguemn dizer: Lula fez isso ou aquilo, se não fosse o Lula....Quanta ignorancia, como pode ter feito algo se não entende de nada e a unica coisa que faz e mal e falar em palanque com discurso decorado, pobres brasileiros ignorantes que não conhecem o verdadeiro projeto politico do PT e acredita num fantoche comandado pela ala radical do PT e do Foro de São Paulo.
Brasileiros se informem para não passar vergonha em discussões informais, pois a grande maioria é enganada e acha lindo essa condição.

MAIS PREVISÕESSSSSS!

Quando novembro vier, será inevitável olhar o quadro econômico sem escapismos. Há muitos dilemas para enfrentar. A dívida bruta está em torno de 60% do PIB, o superávit real caiu, num ano de aumento de arrecadação. O dólar é um preço desconcertante. O governo não sabe o que fazer com o câmbio. Os candidatos evitaram o tema economia e gastaram sua munição em algumas falsas batalhas.
Os números ouviram muito desaforo durante o
programa eleitoral e os debates. Foram contorcidos para confessar o que não registraram ou foram tomados pelo que se parecem e não pelo que são de fato.
O mercado de trabalho teve mais dinamismo no governo Lula, sem sombra de qualquer dúvida. Mas quem procurar no Ministério do Trabalho ou no IBGE vai encontrar números diferentes dos 15 milhões de empregos que Dilma Rousseff tem dito que foram criados
Há de fato boas notícias nessa área. E há um mar de más notícias. O desemprego de jovens de 18 a 24 anos está em 14%, isso é 125% maior do que os 6,2% da taxa média de desemprego, que é a mais baixa desde o começo da pesquisa. No Recife, o desemprego de jovens é de 20% e em Salvador é de 24,5%. Na informalidade estão 22 milhões de trabalhadores. Números que informam que no melhor momento recente do mercado de trabalho, há desafios gigantes pela frente.
O número de alta do PIB é mais vistoso do que real. Parte dos 7,5% do crescimento este ano é apenas a recuperação da queda do ano passado. O país crescia a 6%, caiu para taxas negativas, e este ano recuperou o que havia perdido e ainda cresceu. Mas de crescimento real mesmo, segundo especialistas, é entre 4% a 4,5%, o que é uma boa taxa. Isso significa que para repetir o nível de 7% no ano que vem, só mesmo pisando mais o pé na tábua e criando mais distorções. É por isso que as previsões são de crescimento menor em 2011.
O Brasil tem sido visto com bons olhos por analistas de bancos, fundos e agências de risco estrangeiros não porque as contas públicas melhoraram, é que o mundo piorou muito. Na comparação com outros países o Brasil parece bem. Mas há dados que afligem. A arrecadação está aumentando mais de 17% e mesmo assim o Brasil está reduzindo o superávit primário e a dívida bruta está em 60%. A dívida líquida só não está aumentando por causa dos truques contábeis como o de registrar como empréstimos o dinheiro transferido para o BNDES. O superávit primário de setembro foi tão gigante quanto falso, mas o governo aproveitou a fantasia e mandou gastar mais. A receita é falsa, o gasto é real.
Números marretados são ótimos para inglês ver, mas não enganam quem vive de olhar os indicadores brasileiros. O crédito está se expandindo fortemente e já está perto de 50% do PIB. Mesmo assim, essa medida de crédito/PIB do Brasil é baixa quando comparada com outros países. Só que com os juros brasileiros o custo do serviço dessa dívida tanto para as famílias quanto para as empresas é muito mais alto. Nosso horizonte de endividamento é mais curto. As famílias se endividam a 40% ao ano. Isso é muito alto.
O Brasil está melhor do que outros países do mundo e ainda paga juros de 10,75%, por isso tem atraído mais capital estrangeiro; o capital entra derrubando o dólar; o dólar incentiva a importação e aprofunda o déficit em transações correntes. O governo tenta deter a entrada de dólar com aumento do IOF e ameaças de que tem “outras armas” mas não diz quais. Isso apressa novas entradas. O Banco Central compra mais reservas internacionais numa moeda que está perdendo valor em relação às outras e em títulos de dívida de países que não remuneram seu capital. E se endivida a 10,75% ao ano. Está pegando dinheiro no cheque especial para aplicar na poupança. E mesmo com toda essa compra de reservas o dólar cai. Os setores que se sentem ameaçados pelos importados começam a pedir medidas de proteção. Assim, o país vai criando um desajuste atrás de outro.
Parte do déficit externo é causado por aumento de investimentos. Isso é ótimo porque aumentará a capacidade produtiva da economia brasileira. Só que parte desse excesso é para financiar consumo. E aí é que mora o perigo.
O dólar baixo ameaça os produtores locais, que já falam em “desindustrialização”, como a Fiesp, mas é o que tem garantido que a inflação não suba muito. Os preços de alimentos e serviços estão em alta, mas o de produtos impactados pelo dólar estão subindo mais devagar pela queda da moeda americana. O que significa que se o governo tiver sucesso no seu projeto de desvalorizar o real frente à moeda americana, terá um outro problema para resolver: a alta da inflação. O ministro da Fazenda disse que aumento de gasto não é inflacionário. Ele se engana mais uma vez. A inflação não está subindo apenas porque o dólar está baixo e tem puxado para baixo o índice.
Para onde se olhe há circulo vicioso se formando na política econômica, administrada com imperícia e desconhecimento teórico básico. Parte do sucesso atual se deve ao fato de que a China crescendo está comprando mais e elevando preços de commodities que o Brasil exporta. Não fosse isso, o rombo nas contas externas seria maior. Só que parte do crescimento da China se deve às exportações turbinadas por um yuan com preço artificialmente baixo.
A torcida é para que este governo e o próximo a ser eleito consigam ver os riscos que estão se formando. Quando forem desarmados os palanques talvez seja possível admitir a existência dos desequilíbrios. Mas isso, quando novembro vier.

Previsões Nebulosas

 Antonio Palocci Filho, caso decida entregar a seu coordenador de campanha a chefia da Casa Civil.  Palocci é cotado também para comandar a equipe de transição, papel que já desempenhou na eleição do presidente Lula em 2002.  
 
A tendência é Dilma anunciar o chefe de sua transição até quarta-feira, ainda em Brasília, antes de sair para um descanso de alguns dias.  A petista já demonstrava relutância em falar de ministeriáveis durante o primeiro turno. Depois da frustração de não vencer na primeira votação, o tema virou tabu.  Aos mais próximos Dilma repetia que montar ministério antes da hora dá azar.  O silêncio não impede que petistas, aliados e assessores especulem sobre nomes fortes por conta de afinidades com a candidata e força nos partidos governistas. Além de Palocci, também citado para a Saúde, outro nome dado como certo na equipe é do ministro Paulo Bernardo (Planejamento), que deve coordenar a transição pelo lado do governo.
 
Na cota pessoal de Dilma, dois nomes estão na lista: Maria das Graças Foster, diretora de Gás da Petrobras, e Fernando Pimentel, ex-prefeito de Belo Horizonte. Foster pode tanto ir para o Palácio do Planalto como assumir a pasta de Minas e Energia. Coordenador da campanha de Dilma e presidente do PT, José Eduardo Dutra também é ministeriável, mas o mais provável é que fique no comando do partido. Guido Mantega (Fazenda) conta com o apoio de Lula para ficar na pasta. Dilma, porém, gostaria de convidar o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, para o posto. No Banco Central, são cogitados o diretor Alexandre Tombini (Normas) e o economista-chefe do Bradesco, Octávio de Barros, para o lugar de Henrique Meirelles. Fora do BC, Meirelles gostaria de ser indicado pelo PMDB para comandar uma pasta da infraestrutura, o que se encaixa no desejo do partido de ocupar o Ministério dos Transportes
 
Ainda no PMDB, o representante do partido na campanha, Moreira Franco, é citado para o Ministério das Cidades ou a presidência da Caixa Econômica Federal. O PT deve seguir comandando as principais pastas, como as da área social. O grupo de Marta Suplicy, eleita senadora por São Paulo, se empenha em assegurar Cidades para ela, já que o PP, que tem a pasta, não apoiou Dilma oficialmente. O PSB não abre mão de manter Ciência e Tecnologia e Portos, e quer Ciro Gomes em um terceiro ministério. Outro pessebista que agrada Dilma é Gabriel Chalita (SP), que se tornou amigo da petista e a ajudou a reconstruir pontes com católicos..."

sábado, 30 de outubro de 2010

FALA TROMBETA!

DILMA E SERRA, A PALHAÇADA TERMINOU!!















Tivemos a oportunidade única e final de assistirmos o debate mais aguado e exdruxulo de toda a campanha eleitoral para a presidencia da república. A Globo decepcionou todo o país.
William Bonner foi um show aparte,um “primor” de arrogancia,deselegancia e grossura. O sujeito é nervosinho por natureza e suas intervenções antipaticas para ambos os lados foi notória. O studio improvisado e com uma indesculpavel falha tecnica nos cronômetros de aferição do tempo de fala dos candidatos foi a “cereja” do pudim! E ainda por cima o Bonner ficou de “bate-boca” com a Dilma!
Um verdadeiro horror!! As perguntas dos apáticos “indecisos” eram feitas sem vigor, sem realidade! não era coisa perguntada espontaneamente! era coisa pronta,fabricada pela propria Globo e usando 80 otários para se passar pelo “povo indeciso”A mesmice de idéias dos candidatos era de causar sonolencia em uma manada inteira de elefantes!!! Sem nenhuma diferença de discurso! Pareciam que ambos eram do mesmo partido!(aliás, os dois são socialistas) Serra fez uma campanha mediocre e sem coragem de combater, não denunciou os 8 anos de bandalheiras e roubalheiras do desgoverno de lulacorleone, Serra ,se ganhar ,vai ser por vontade do eleitor de querer tirar a praga do lula do poder e sua gang do PT, não há outra opção fora o otário do Serra! Se ele realmente quizesse ganhar teria feito o que todo mundo esperou , e ganharia no 1º turno! Só chegou ao segundo por conta da Marina! E ontem no ultimo debate o “pastel” Serra deixou passar a ultima oportunidade de atacar e denunciar a fundo todas as canalhices e sujeiras da lulocrácia e de seu ultimo estrondoso escandalo: O ERENICEGATE. Serra posou de “bonzinho”... se ganhar não será pelo seu discursinho de merda! Será pela indignação de todos os brasileiros decentes com este desmantelo que esta aí há 8 anos!
Para finalizar; Dilma foi um SHOW! NUNCA SE VIU UM CANDIDATO A PRESIDENCIA DA REPUBLICA APARECER EM UM ULTIMO DEBATE NA TV COM TRAJES TÃO RIDÍCULOS E HILÁRIOS COMO OS DA DILMA! A PESSOA RESPONSAVEL PELO FIGURINO DA DILMA COM CERTEZA FOI COOPTADA PELO PSDB PARA DETONAR DE VEZ COM A “IMAGEM” DA BONECA DO CHUCK DILMA! UM HORROR EM TODA ACEPÇÃO DA PALAVRA!PARECIA UM SACO DE BATATAS MACHO!Notavel tambem era a postura da Dilma.. andando de lá para cá no palco... de cabeça baixa... preocupada... seu semblante denotava uma profunda frustação... sua fala,cansada,irritada como sempre ,revelava um tremendo “saco-cheio” de tanta enrolação!!!
Enfim, estamos indo votar para escolher entre dois merdas! Um é um merda menos fedorento e inofensivo do que a outra merda que além de FEDER ,CONTAMINA e ADOECE toda a nação !!! Não temos outra opção! Na verdade iremos fazer o nosso “papel” nesta FARSA! O papel de PALHAÇOS! Pois as URNAS ELETRONICAS(fraudulentas) são imposição do governo oculto da Nova Ordem Mundial(ONU) e quem sãode fato os “DONOS” e governantes deste pasto de bois chamado “brasil” e de toda a america latrina... eles já escolheram o proximo “gerente” de plantão. Falta brasileiro, falta patriota! Falta o verdadeiro grito de
“INDEPENDENCIA OU MORTE”!

FALA RODRIGO CONSTANTINO!

Não sei quem vai ganhar amanhã, mas sei de duas coisas: Primeiro, dificilmente será com a margem folgada de mais de 10 pontos que os grandes institutos de pesquisa apontam. Claro, vão colocar a culpa no Papa ou sei lá em quem mais. Mas o fato é que se isso ocorrer mesmo, esses institutos merecem uma CPI. Fraude eleitoral é crime, e se os institutos estão manipulando pesquisas, isso é coisa MUITO grave para a democracia. Segundo, independente de quem ganhe as eleições, o fato é que Lula terá que sair. Isso, por si só, já chega a ser um alento, pois não aguento mais ver o pinguço fazendo discursos demagógicos o dia inteiro! Já vai tarde, Lula!!!

O ESTADÃO

João Domingos e Tânia Monteiro, de O Estado de S. Paulo

BRASÍLIA - Como a personagem Bibiana, neta de Ana Terra, no romance de Érico Veríssimo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva pretende deixar o doce desmanchar em sua boca até que desapareça o último pedaço, aquele que dá a sensação de que na alma ficou a leveza do que há de melhor.
Mas, diferente do doce de Bibiana, o de Lula não é feito de açúcar. É feito de poder.
De acordo com os auxiliares mais próximos de Lula, é assim que o presidente vai encarar os últimos dois meses de mandato, degustando cada dia, cada hora, cada segundo que lhe resta. Lula não lamenta a certeza da saída. Mas insiste em não pensar nisso. Porque, não pensar, revelou, é a maneira de manter-se no chão. "Sei que um dia a ficha vai cair e aí vou ver que não sou mais o presidente", disse Lula nesta semana, num desabafo.
O presidente vive também momentos de profunda emoção. Seus auxiliares o têm visto com os olhos marejados no dia a dia, dentro do avião presidencial, no Palácio da Alvorada. Isso ocorre principalmente depois de cerimônias públicas em que Lula é abraçado pelos ministros mas, de forma especial, quando o carinho vem do público.
As manifestações de saudades do poder, agora com a marca de muita emoção, começaram a aparecer no final do primeiro semestre. Durante visita ao Nordeste, em junho, Lula afirmou que já estava sentindo falta de sua atividade presidencial, embora faltassem ainda seis meses para a despedida. Mas se consolar, disse que não ser mais presidente tem suas vantagens.
"Todo ato político que participo agora é o último, já estou com saudade e pensando no que fazer", disse em Aracaju, no dia 10 de junho, ao inaugurar casas populares. "Vou querer tomar um banho de praia, tomar uma cervejinha sem ninguém encher o saco e dizer que o presidente está bebendo", avisou ele. "Um filho de Deus tem direito de tomar uma geladinha na beira da praia."
O discurso funcionou mais como um desabafo do momento. Lula comunicou a seus auxiliares que imediatamente depois de entregar o poder, pretende voltar para seu apartamento, em São Bernardo. Espera que, até lá, a reforma que mandou fazer tenha terminado. A partir daí, quer tirar um período de férias, aqui mesmo no Brasil.
Em seguida, deverá percorrer o mundo, para receber os mais de 30 títulos de doutor honoris causa que lhe foram oferecidos em todos os continentes e que se recusou a receber enquanto estava na Presidência. Lula está amadurecendo ainda a ideia de criar um instituto – que não será o da Cidadania, fundado por ele quando ainda estava na oposição.
Nesse novo instituto, o presidente acha que dá para ser voz ativa em atividades como a de ajudar a combater a fome e a pobreza no mundo, a trabalhar para resolver os problemas da crise energética e dos países da África, ainda envolvidos em lutas tribais no Século 21.
ONU é dúvida. Indagado por várias vezes se pretende brigar por algum cargo na Organização das Nações Unidas (ONU) ou entidades multilaterais, Lula tem repetido que não o fará. Ele acha que, para ter um bom desempenho numa dessas funções, é preciso ter dedicação exclusiva. E acha que ficar preso a um posto vai tirá-lo da linha de frente de outros, que julga mais importantes.
Como os institutos de pesquisas têm apontado a aprovação a seu governo de 83% dos eleitores ouvidos, Lula acha que está num índice de popularidade que, no fundo, significa uma exigência dos brasileiros para que não desapareça da vida pública.
Isso, na visão do presidente, significa ter papel importante em algumas coisas, como a reforma política. Lula pretende conversar com os ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso, Itamar Franco, Fernando Collor e José Sarney para tratar da necessidade de se fazer uma mudança radical na política brasileira. Ele acha que as experiências de todos podem ajudar o País a ter uma das legislações políticas mais modernas do mundo

A LDB QUE O PT DIZ QUE FAZ ENSINAR, APENAS FAZ EMBURRECER

Neste texto inicado, mas em andamento, alem de opinar, comento alguns artigos da LDB que nos mostra o quão favorecimento politico ela traz, sem se preocupar em realmente formar pessoas criticas e preparadas para o mundo em que vivemos.
Em breve postarei comentarios de outros artigos da LDB, acompanhem e poderão conhecer o que rege ou acaba gradualmente a educação brasileira. Se seu filho não aprende a culpa é desta lei e das faculdades de pedagogia que estão acabando a mando do socialismo petista com nossa educação para formar militancia em sala de aula.

A queda na qualidade de ensino no Brasil.

É isto mesmo que nossos corruptos governantes buscam. Ter uma população de vacas de presépio que não sabem fazer uma crítica e que são incapazes de analisar e comentar fatos.
Por isto e por outras que devemos, o mais rápido possível, nos livrarmos desta corja que tomou o poder em Brasília.
Parece um apelo desesperado, mas é uma realidade critica que vivemos há no mínimo 14 anos, ou seja, após a regulamentação da LDB de 1996 (http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9394.htm), que rege a educação nacional em todos os seus níveis.
Esta lei homologada no governo FHC, assim como neste governo surgiu o bolsa alimentação e bolsa escola que no governo Lula se transformou em Bolsa família, foi à primeira punhalada na qualidade da educação brasileira, encaminhando o ensino para os níveis baixos de qualidade e que hoje vemos com pavor o crime com no mínimo duas gerações de estudantes que até concluíram ou estão concluindo o ensino superior muito abaixo de gerações anteriores.
Esta lei foi interpretada e executada por burocratas da educação (pedagogos) que pouco ou nada sabem da sala de aula e apenas divagam nas teorias e estatísticas da educação e com o governo Lula foi à teoria freiriana, a escolhida para alicerçar a LDB emburrecedora dos estudantes brasileiros, que poda a liberdade de escolha do modelo educacional inclusive na rede privada e que verticalizou os livros didáticos, com a desculpa de oportunizar livros iguais para todos, inclusão didática para manter o nível de emburrecimento em todos os níveis.
Tomo como exemplo a aplicação do livro didático de História de Mario Schmitt, que de livro de verdade tem muito pouco, um gibi repleto de fotos e apologias a heróis comunistas e desinformação histórica total. Um manual para formar comunistas em sala de aula.
Inclusão no ensino não é assim que se faz, incluir a todos ao ensino é proporcionar condições salariais para que os estudantes escolham onde estudar e que livros comprar, escolhidos pelos seus professores, assim como era feito na época do regime militar, hoje tão criticados pela esquerda comunista que quer igualar e nivelar a todos por baixo.
A ficção da igualdade social no Brasil apenas ilude os miseráveis do Nordeste brasileiro, comprados com os cartões magnéticos dos Bolsa Tudo que o governo distribui em troca do cabresto do voto em época de eleição.
Menciono alguns itens da lei que podemos observar o quão vago e interpretativo são, deixando margem para interessados em tirar proveito do sistema em beneficio político próprio, é muito fácil de manipular. E toda esta interpretação sendo feita por pedagogos treinados nas universidades utilizando e decorando as teorias que privilegiam a educação comunista e de construção de massa de manobra e omitida das verdades e da qualidade de ensino.

Art. 1º § 2º “A educação escolar deverá vincular-se ao mundo do trabalho e à prática social”.
A educação inclusiva iniciada com FHC e mais fortemente executada pelo PT nos seus dois governos, não coloca ninguém próximo do mundo do trabalho e da disciplina do mundo do trabalho, apenas incentiva a formação de adolescentes sem interesse e um mundo do faz de conta da educação apoiado pelo policiamento das pedagogas sobre os professores, punindo e desmoralizando o docente perante os futuros vadios formados na escola publica.


Art. 3º O ensino será ministrado com base nos seguintes princípios:
II - liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar a cultura, o pensamento, a arte e o saber; Liberdade para quem não sabe usá-la, sem disciplina e amarrado nos livros didáticos indicados pelas editoras contratadas do governo? Bonita liberdade é dada para os docentes e para as instituições.


III - pluralismo de idéias e de concepções pedagógicas;
As idéias são impostas pela pedagogia e balizadas em Freire, Piaget e Vigotsky, todos os pedagogos que não obtiveram resultados das teorias e o que mais próximo de resultados chegou foi Freire, emburrecendo e formando uma massa de manobra para a implantação do comunismo na África.


IV - respeito à liberdade e apreço à tolerância;
Liberdade de quem e tolerância pra quem? O que se vê é os alunos repletos de liberdades e tolerância zero para os docentes que são cobrados por não ter controle sobre os alunos, mas se impondo, são punidos, pois afeta a liberdade de direito dos alunos. Esta tolerância é apenas para os docentes que se torturam com a falta de respeito e vadiagem legalizada dos alunos, vendo seu esforço profissional sendo reprimido e desprezado com esta lei vertical de interesse político.


VII - valorização do profissional da educação escolar;
Bem este item, nem preciso comentar, pois a realidade atual é de desvalorização total, onde pedagogos e não pedagogos defecam na cabeça dos docentes como semideuses da educação, mas não tem o preparo e o conteúdo para ministrar aulas apenas fazem de conta que dão aulas quando estão em sala de aula e nos seus gabinetes tentam ensinar docentes a executar o seu trabalho, mas palpites não são sinônimos de qualidade do ensino.

FALTA POUCO PARA DAR ADEUS A DILMA E SUA QUADRILHA

DILMA, A QUEDA SE CONFIRMANDO...

USE A CABEÇA E DIGA NÃO PARA O INFERNO VERMELHO DO PT

O Brasil do A.L. / D.L. – Antes de Lula, Depois de Lula

O "deseducador" livre, leve e solto.
Ontem, dia 13 de outubro, em encontro de Dilma com líderes evangélicos, Lula saiu em defesa da pupila: “Nunca houve tanta liberdade quanto em meu governo”.
Hoje, no primeiro comício de Dilma no Nordeste deste segundo turno, em Teresina, Lula disparou: “Nunca o nordestino teve tanto orgulho de ser nordestino”.
E, mesmo que pareça um tanto repetitivo, ele concluiu: “Nunca o povo pobre deste País andou tanto de avião quanto andou agora”.
Se há um assunto em que o gênio de Lula se torna evidente, esse assunto é a “deseducação política”. Lula desideologiza o debate político, extirpa seu cerne crítico, e alveja o eleitor menos esclarecido sem moral nem piedade.
Estamos na reta final da disputa eleitoral, momento de contraposição ideias e projetos para o País. Precisamos julgar partidos, projetos, suas lideranças, e não o ícone Lula.
E como o Partido dos Trabalhadores atravessou a experiência do poder?
Quais eram as 5 ou 10 principais lideranças do PT? Ainda lembra dos nomes? Onde estão? A grande maioria míngua no ostracismo, nos bastidores da vida pública, protegidos sob o manto omisso de Lula. O PT não suportou os 8 anos, desintegrou-se.
Que demos nosso recado nas urnas

VEJA O Q O pt FARÁ E CONTINUARÁ FAZENDO COM O BRASIL

Chafurdando (ainda mais) na lama da corrupção

Desde 2003, uma nova fase: mergulho mais fundo na corrupção.
A ONG Transparência Internacional, sediada em Berlim, produz anualmente o relatório referência no mundo para avaliar o grau de corrupção em 178 países: o Índice de Percepção da Corrupção.
Hoje, foram divulgados os números deste ano: o Brasil ocupa a 69ª colocação, ao lado de Cuba, Montenegro e Romênia, com uma pontuação de 3,7 (de 0 a 10, onde zero indica corrupção disseminada e 10 corrupção extinta).
Nenhum brasileiro seria tolo de esperar índices positivos em se tratando de análise de governos corruptos. Mas é interessante analisar a  involução do índice brasileiro: a partir de 2003, o País sai de uma certa estabilidade (nada honrosa), para chafurdar ainda mais na lama da Corrupção.

Falar de corrupção no País tange todas as esferas e instituições, não é exclusividade nem deste, nem daquele partido.
Mas, cabe a pergunta: será que diante de um dos governos federais mais corruptos da história nacional e da omissão (pra não dizer conivência!) do chefe da nação em relação a todos os grandes escândalos, seria possível esperarmos algo diferente?
Certamente, não

Porque não acreditar nas pesquisas – o CNT/Sensus



Clésio Andrade: presidente do PR de Minas, presidente da CNT e twitteiro pró-Dilma.
1º ato: no dia 29 de setembro, o CNT/Sensus embarcou na onda geral de “eleger” Dilma no 1º turno (com mais de 10 pontos de vantagem de Dilma em relação à soma dos votos Serra/Marina!). Não bastasse a imprecisão absurda…
2º ato: no dia 14 de outubro, duas semanas depois, o referido instituto apontou o seguinte cenário: empate técnico entre Dilma e Serra com, respectivamente, 52,3% e 47,7%.
3º ato: no dia 27 de outubro, ontem, a pesquisa final: 58,6% de Dilma contra 41,4% de Serra.
A diferença de 5 pontos inchou para mais de 17 pontos, em menos de duas semanas! De empate técnico a nocaute, sem que tenha havido qualquer fato relevante que justifique a mudança abrupta do eleitor.
Há quem justifique as falhas subsequentes dos institutos pelos métodos utilizados. No entanto, assim como o caso do Sr. Marcos Coimbra, do Vox Populi, outros elementos tornam estes números, no mínimo, questionáveis.

…O presidente da CNT, que encomenda a pesquisa do Instituto Sensus, é Clésio Andrade.

Além de envolvimento em vários escândalos (uma pesquisa rápida na internet comprova), Clésio tem tido atitudes no mínimo questionáveis para alguém que preside a instituição que encomenda pesquisas do Sensus. Alguns fatos recentes:
- presidente do PR de Minas, no último dia 21 de outubro, Clésio enquadrou os filiados, exigindo “pleno apoio” a Dilma no 2º turno. “Os filiados que não cumprirem a determinação serão punidos de acordo com as sanções previstas no estatuto partidário“, diz a nota divulgada pelo diretório estadual.
Clésio Andrade também está presente no Twitter, por onde posta diariamente mensagens de apoio à candidatura Dilma, intercaladas com os dados das pesquisas CNT/Sensus. Seguem algumas postagens recentes:

Além de trazer números gravemente equivocados que confudem ainda mais o eleitor, pesquisas como a CNT/Sensus dão margem para que se questione a honestidade dos resultados.
Afinal, como  acreditar em pesquisas caóticas, gravemente imprecisas e encomendadas por quem está comprometido com um dos lados da disputa?

Contra Dilma Bruxa e sua quadrilha de guerrilheiros loucos pelo poder com Um Lulla analfabeto querendo teta eterna

AMANHÃ: APERTE 45 PARA SALVAR O BRASIL!!!

Pacotes suspeitos aparentemente continham explosivos, diz Obama


WASHINGTON- O presidente americano, Barack Obama, afirmou em discurso nesta sexta-feira, 29, que dois pacotes suspeitos do Iêmen encontrados em Dubai e Londres e um avião com destino aos Estados Unidos aparentemente continham explosivos.


"Investigadores descobriram uma ameaça crível contra os Estados Unidos", disse o governante na Casa Branca. Segundo o presidente, os dois pacotes estavam endereçados a organizações judias na área de Chicago, sem identificá-las.
Obama declarou que o governo está fazendo revistas adicionais em cargas de voos por causa da ameaça, e que os Estados Unidos estão comprometidos em "destruir" a Al-Qaeda no Iêmen e que os eventos, ocorridos quatro dias antes das eleições legislativas americanas, "destacam a necessidade de vigilância permanente contra o terrorismo".
Dois pacotes suspeitos que eram transportados do Iêmen aos Estados Unidos foram encontrados hoje no Reino Unido e em Dubai. Um dos pacotes foi encontrado em um voo da UPS em um aeroporto da Inglaterra. O outro foi descoberto em uma unidade da Fedex em Dubai.
Segundo um oficial dos Emirados Árabes Unidos, um dispositivo suspeito encontrado na aeronave de Dubai com destino aos EUA continha materiais explosivos.
Aeronaves em aeroportos de Newark, em Nova Jersey, e na Filadélfia foram inspecionados por precaução, mas já foram liberados. Um caminhão da UPS também estão sob investigação.
Al-Qaeda no Iêmen
Em uma coletiva de imprensa após o comunicado de Obama, o assessor para a luta contra o terrorismo da Casa Branca, John Brennan, disse que os explosivos descobertos tinham como objetivo "perpetrar um atentado e causar danos".
Brennan declarou que as autoridades examinam todos os pacotes procedentes do Iêmen no local de origem dos objetos suspeitos. Até o momento, disse o funcionário, não há indícios de que existam outras bombas além das encontradas.
Os pacotes encontrados já foram desativados. Apesar de Obama não ter responsabilizado a rede terrorista diretamente, os serviços de segurança acreditam que a Al-Qaeda na Península Arábica, com base no Iêmen, está por trás dos incidentes.
Até o momento os serviços secretos não se centraram em um suspeito concreto, acrescentou Brennan, indicando que "qualquer indivíduo relacionado a Al-Qaeda é um sujeito de interesse para a investigação".
O nigeriano Umar Farouk Abdulmutallab, acusado pelo atentado falido do Natal, disse a autoridades americanas que recebeu treinamento e materiais explosivos de insurgentes da Al-Qaeda no Iêmen. O país vem tentando conter os rebeldes em seu território com ajuda dos Estados Unidos.
Comício
Brennan também disse que o destino dos pacotes eram sinagogas de Chicago, onde Obama tem um comício agendado amanhã.
O porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs, afirmou que o presidente não tem a intenção de alterar seus planos de viagem para os próximos dias.

Mais uma vez a estratégia de montar um ato terrorista para desviar a opinião publica sobre a incompetencia e atos anti americanos se instala sobre os EUA.
Terrorismo nas terras de tio sam é forma de elevar opinião publica de presidente mal cotado pela população. Esperamos que não haja outro 11 de setembro para que o presidente africano Barack Obama (onde está a verdadeira certidão de Obama que ninguem viu), volte a ser icone de patriotismo nos EUA.
O pronunciamento, voltado diretamente aos bispos do Nordeste, reconhecida base eleitoral de Dilma Rousseff, deixa claro quais são os verdadeiros bispos, cumpridores de suas obrigações, e quais são os falsificadores, os traidores, os vendidos.
O PT teve o cinismo de mandar prender os distribuidores de um panfleto anti-abortista da Regional Sul I da CNBB, sob a alegação de que era "falso". Pois bem, não só a Regional Sul I provou a autenticidade do documento, como agora o Papa Bento XVI confirma que seu conteúdo reflete estritamente a doutrina da Igreja, a obrigação dos bispos, o dever dos fiéis.
Os signatários da abjeta "Nota Pró-Dilma" que vem circulando pela internet (v.http://papeleletronico.wordpress.com/2010/10/15/bispos-e-
religiosos-divulgam-nota-pro-dilma-e-contra-difamacoes/) não falam em nome da Igreja. nem têm a mais mínima autoridade para fazê-lo. Não merecem obediência, nem respeito, nem tolerância. Se querem promover abortismo e comunismo, que se dispam de suas vestes eclesiais e passem a falar como cidadãos comuns, sem fingir uma autoridade que não têm. Ter opiniões, por estúpidas e desprezíveis que sejam, é direito do cidadão. Vendê-las em nome de quem não as aprova é fraude, e a fraude se torna blasfema e herética quando praticada contra a Igreja por aqueles que se dizem seus porta-vozes e representantes. Que se calem imediatamente e, se têm um pingo de vergonha na cara, que confessem em público o pecado que em público foi cometido. Que parem de usurpar a autoridade de Nosso Senhor para fazer o que Ele condena e abomina. Que parem de ludibriar o povo brasileiro, vendendo-lhe como católica, seguindo o exemplo dos heresiarcas de todos os tempos, uma política que é anticatólica no mais alto grau.
Desgraçados, patifes, farsantes, os autores e signatários da "Nota" não se contentam com encenar, diante dos olhos de toda a Igreja, uma farsa blasfema. Partem para a mentira factual, substantiva, negando como invencionice difamatória o abortismo militante de Dilma Rousseff, cuja veracidade sólida qualquer um pode comprovar com seus próprios olhos e ouvidos, da boca mesma da candidata: http://www.youtube.com/watch?v=PWquWQwyAtI.
Com igual ou maior descaramento, protestam contra o "uso político" de motivos religiosos, ao mesmo tempo que se confessam adeptos da Teologia da Libertação, a qual não é outra coisa senão a transformação total, radical e sistemática da Igreja em órgão de militância política - e de militância, aliás, em favor dos regimes mais anticristãos do universo.
Até quando teremos paciência com gente tão desprovida de credibilidade que, para se fazer acreditar por instantes, tem de roubar a identidade e a voz da instituição que odeiam, e, junto com ela, a do próprio Deus ao qual voltaram as costas?
Até quando, por um excesso mórbido de respeito humano, aceitaremos fazer de conta que esses sujeitos são homens da Igreja?

ÚLTIMO DEBATE!

Último debate. Prestei mais atenção na linguagem corporal dos dois candidatos, porque a biografia de
Serra é transparente, a de Dilma, é de servir de biombo para o terceiro mandato de Lula.Entendo, que um dependente da bolsa-esmola, vote na Dilma. O que é dificil de compreender, são artistas e intelectuais,com um certo discernimento, apoiarem uma pessoa sem nenhuma graduação, a não ser os cargos ocupados por indicações politicas, e ter desmantelado as finanças, quando exercia a função de secretária da fazenda da prefeitura de Porto Alegre, e ter mentido sobre o seu curriculum,
na apresentação de sua, digamos, estória...

Voltando à linguagem corporal: Serra, tranquilo, expondo suas idéias com clareza, relax, e Dilma, compacta, não respondendo às perguntas e circulando acintosamente, pelas costas de Serra, enquanto
o candidato respondia às perguntas dos indecisos.

Repugnante, que, menos de 10 minutos após o término do debate, o Datafolha,  já divulgava uma
"pesquisa" dando uma vantagem de 10 pontos a favor de Dilma...

Sobre a minha postura, enquanto espirita, e me posicionando politicamente: praticar a caridade, não
é apenas para com o próximo, mas também para com o meu  país, quando ele está em vias de tornar-se
uma ditadura sindico-pelego-comunista, comandada por "lideres", mancomunados com os piores ditadores do planeta.

Ser espirita, não significa viver em uma redoma, como os essênios, que viviam fora das "tentações"
do mundo...Inútil, petralhas, por aí, vocês não me pegam, sobretudo porque tenho autorização das
minhas Entidades, que avisam, através de comunicações e vidências, sobre as nuvens negras sobre
o Palácio do Planalto.

Concluo, rogando à São Ismael, protetor do Brasil, que possa iluminar as mentes de todos os brasileiros
que escolherão nas urnas, o ser que governará o Brasil pelos próximos 4 anos!

ESTAMOS JUNTOS!

Há algum tempo, discutia-se, com uma relativa pertinência, a possibilidade de Lulla, terminado seu mandato, ser eleito presidente de uma grande organização internacional, na escala ONU – Organização das Nações Unidas. Seu desmedido interesse em eleger Dilma Rousseff está acabando por prejudicar seu aparente application internacional.

Inicialmente sem renunciar ao trono, o imperador passou a ser a peça chave na campanha da matrona. Alegava ele que só participava de eventos e pronunciamentos eleitorais “fora do expediente”. Ocorre que a enorme expectativa de que Dilma fosse eleita no primeiro turno – justíssima em função das pesquisas disponíveis – gerou uma enorme frustração no imperador. Ele absorveu o “golpe”, como o qualificou, e passou a comportar-se tempo integral como principal cabo eleitoral da candidata. Em outras palavras, deixou as obrigações da Presidência para evitar uma eventual tragédia.

Os desmandos, as críticas desmedidas ao oposicionista Serra, acabaram por prejudicar seu vestibular para o plano internacional. Passou a participar da campanha, no atacado e no varejo. 
Assim, Lulla está perdendo a qualificação de ser o primeiro monoglota, filho de mãe que nasceu analfabeta (esta afirmação é do proprio Lula, pra mostrar a ignorancia extrema do Fuhrer de Brasilia), a comandar um órgão internacional de expressão. Pena, porque poderia levar com ele para a cena internacional gente como Marco Aurélio “Top-top” Garcia e o ministro Amorim, entre eles.

* PRESIDENTE DO INSTITUTO LIBERAL

Ela não é normal.

Gente!!! Essa mulher não pode ser normal, esse olhar apatetado, essa expressão de idiota mostram o quanto ela é estranha, esquizita mesmo.


NÃO EXISTE ESQUISITICE NELA, É UMA COMUNISTA CONVICTA, COM FORTE PERFIL FASCISTA, ARROGANTE E OBSSESSÃO PELO PODER. MAS INFELIZMENTE AINDA POR CIMA É GUIADA E COMANDADA POR COMUNAS PIORES DO QUE ELA, QUE ACABAM TRANFORMANDO - A EM UMA FANTOCHE DO PROJETO COMUNISTA DO PT E DO CASTRISMO/CHAVISMO ATRAVÉS DO FORO DE SAO PAULO.
sAI DE RETRO CAPETA CUMUNISTA......


postado pelo blog O Mascate


Tomada cumunista e 3º mandato

Sobre o espaço que o presidente Lula terá em um eventual governo, Dilma afirmou que "ninguém vai me separar do presidente Lula". Dilma ainda reforçou que Lula não terá espaço em um Ministério, mas que o presidente estará sempre ao lado dela.

TODOS SABEMOS QUE O PT NO PODER É SOCIALIMO, CASTRISMO, CHAVISMO NO GOVERNO E COM ESSA DECLARAÇÃO DE DILMA O 3º MANDATO DE LULA SE CONFIGURA DE FORMA VELADA E SUTIL.

A DEMENCIA E A BESTIALIDADE COMUNISTA DA MILITANCIA PETISTA

Está chegando o grande dia. A vitória do projeto PT 20 Anos nas urnas é certa no próximo domingo. Todas as pesquisas já afirmam que Dilma Rousseff será eleita no dia 31/10. Apesar de todas as manobras escusas da extrema-direita católica, que primeiro tentou impor a agenda religiosa a nossa candidatura, depois tentaram caluniar e criminalizar o passado de luta da companheira Dilma e agora estão enviando emails apócrifos levantando dúvidas sobre o estado de saúde de nossa presidente eleita. Nossa militância não precisa se preocupar. Agora que garantimos o poder, nem Temer pode nos impedir de continuar nosso projeto para o Brasil.
Finalmente poderemos aprovar o Plano Nacional de Direitos Humanos do presidente Lula, e continuar avançando no sentido de democratizar a mídia e fazer a separação definitiva entre Igreja e Estado no Brasil. Com Dilma, quem estará no poder serão os nomes tradicionais da ala mais ideológica do PT. Companheiros valorosos como José Dirceu e José Genoino, ambos agora de volta à política de forma oficial, que estão na luta contra o sistema capitalista há décadas, e conhecem as experiências feitas em outros países rumo ao socialismo do século 21.
Os demotucanos que comandam SP há 3 décadas também podem se preparar. O Governo Dilma não dará sossego a eles. Estaremos nas ruas com todos os movimentos sociais, e o governo federal certamente não será tão generoso e benevolente com o Picolé de Chuchu como foi o governo Lula com seu antecessor, que agora fica desempregado indefinidamente.
Aqueles setores da Igreja Católica que se posicionaram como partido político e tentaram arrancar de nossa candidatura um compromisso com o atraso da religião também não perdem por esperar. Com a maioria nas duas casas legislativas, poderemos enfim ressucitar a CPI da pedofilia e incluir esses representantes da direita também.
É hora de comemorar o belo futuro que o Brasil escolheu nas urnas. Com Dilma, seguiremos em frente e consolidaremos o PT à frente do Brasil por mais 20 anos.

A demencia e a doutrinação petista stalinista é tão vigorosa que terrorista, corrupto, ladrão, assassinos, traficantes, ditadores, para eles são herois. Temos ciencia que não queremos isso para o Brasil, maldita hora que João Figueiredo deu anistia para essa turma achando que respeitariam a democracia resguardada e organizada na contra revolução de 64. A doutrina leninista de Dilma e sua turma é doentia, só limpando o Brasil dessa turma estaremos salvos dos males já executados em 8 anos e a democracia ficará segura.
E tem mais, para os petistas desinformados, o q ue vcs já fizeram de errado e poderá causar transtornos inigualaveis ao Brasil pelo seu mediocre e egoista projeto de poder, tomará mais de 20 anos para corrgir os estragos e sem duvida a população sofrerá com a ganacia doentia pelo poder das mentias retrogradas e doutrinadas dos leninistas integrantes do foro de São Paulo. O texto acima redigido pela militancia e para a militancia deixa claro, as mentes doentias que querem dominar o Brasil e quem erstiver sob o comando da mão de ferro de Dilma e seus PTralhas.

Salvar a democracia. O resto é detalhe

 
Em outubro de 2002, Lula veio fazer comício em Fortaleza. Dali a alguns dias ele venceria no segundo turno o candidato do PSDB, José Serra. Eu estava lá na Praça do Ferreira, 17 anos, sol do meio-dia, o menino mais feliz do mundo, vestindo uma camisa adquirida no comitê da petralhada.

A multidão aguardava a aparição do futuro presidente operário (perdeu um dedo trabalhando!) como quem espera Mick Jagger surgir por detrás da cortina. Quando Lula tomou o palco, a comoção da massa me fez acreditar que eu participava de um famoso "momento histórico". Como eu era consciente! Como era crítico o meu pensamento! Eu morria de orgulho de mim.

Não há uma fala retardada de Lula que não me remeta àquele dia na Praça do Ferreira. Ele discursava, adivinhem, contra Fernando Henrique Cardoso (antes, hoje e sempre). Debochava de sua formação acadêmica. A exaltação da ignorância me fazia vibrar. Naquela fase mental da minha vida, eu bem que poderia estufar o peito para dizer que Lula cursara a escola da vida.

Lá pelas tantas, na cólera do ataque ao homem que havia cometido o crime de derrotar a inflação, Lula soltou a jactância triunfal. Milhões de anos passarão e eu não esquecerei as palavras: "Ele pode saber falar inglês, mas eu sei falar a língua do povo". Foi uma explosão. Aplaudi com força, quase tive um orgasmo. Eu era um adolescente-massa com as rédeas soltas, em festa junto aos meus semelhantes.

Não é fácil revelar um episódio desses. Minha ingenuidade foi um crime. Ainda ouço a frase. Sempre sentirei vergonha do meu aplauso fanático, da minha admiração abjeta por aquele sociopata que fez carreira puxando as cordas da multidão com o bom e velho culto do ressentimento, da inveja, da estupidez e de toda sorte de instinto primitivo e politicamente útil. Os mesmos instintos primitivos que os petistas atiçam agora para manipular os simplórios de sempre.

Oito anos depois, estou escrevendo um artigo que começa com uma confissão de culpa e termina com um desejo de expiação. Nossa República, para resumir, está apodrecendo, na iminência de ir para nunca mais voltar. Para qualquer lado que se olhe, lá está a manifestação do mal, a apologia da iniqüidade, o esforço pela rendição ao Partido. São nossos colegas, amigos, familiares, todos cúmplices na institucionalização do reino da mentira.

Investindo dia após dia contra tudo que é bom e verdadeiro, Lula imbecilizou todo um povo. Agora pretende usar seu ventríloquo para dar o golpe final. Leitor, não há nenhum dilema aqui. Dilma é o PNDH 3. Quaisquer que sejam nossas discordâncias com Serra, e eu as tenho, ele é a ferramenta de que dispomos para salvar a democracia. É simples assim, e todo o resto é detalhe.


Publicado no jornal O Estado
Ontem li em um Blog do esgoto a seguinte postagem.




Companheiros (ARGH!!)






Se o Serra ganhar estas eleições precisaremos nos mobilizar para que sejam recontados (?) os votos.
Pois o Serra só ganha se houverem fraudes nas urnas eletrônicas.
Mobilização já!!
,
Bem, pelo que este blogueiro entende, se houverem fraudes nas urnas foi o PT quem fez, já que a "chave do cofre" e o aparelhamento do estado está nas mãos nonadáctilas do Sebento. E pela lógica qualquer fraude nesse aspecto é para favorecer a Sebenta.


Concluo que os PTralhas estão com o "cú na mão" e já se preparam para fazer muito barulho caso as coisas não saiam da maneira que eles pretendem.


Vamos esperar para conferir.

Pérolas do Lulismo

"O Brasil é um país democrático e laico" - Lula hoje no salão do automóvel em resposta a Bento XVI.

Pelo teor de sua resposta ao Papa Bento XVI ve-se que Lula não sabe o que é democracia e muito menos o que é um estado laico.

Primeiro vamos definir para os lulo petistas de plantão o que significa estado laico: Um Estado secular ou estado laico é uma nação ou país que é oficialmente neutro em relação às questões religiosas, não apoiando nem opondo à nenhuma religião.

Portanto, num estado laico, ou seja um estado que não se opõe a nenhuma religião, o líder de qualquer religião pode emitir a sua opinião sobre o governo sem ser criticada pelo governante supremo da nação.

E numa democracia, qualquer um pode recomendar ou não o voto em um ou em outro candidato justificando ou não sua opinião.

Portanto concluímos que Lula pensa que estado laico é um estado em que ele, Lula é deus e uma democracia é um regime em que ele Lula não pode ser contrariado.

Portanto, meus amigos, neste 31 de Outubro, vamos votar com a razão e não com a emoção.

Lembrem-se que em 01 de Janeiro de 2011 não será mais Lula que estará no poder. Será ou sua pseudo adoradora ou José Serra.

DIGA SIM A VIDA, DIGA SIM A LIBERDADE, DIGA SIM A DEMOCRACIA, DIZENDO NÃO A DILMA ROUSSEFF.