Free Shoutcast HostingRadio Stream Hosting

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Uma professora foi presa na madrugada desta quarta-feira em Realengo, zona oeste do Rio, suspeita de abusar sexualmente de uma aluna de 13 anos. A .... Foto: Jadson Marques/Futura Press A professora foi presa na madrugada desta quarta-feira em Realengo, zona oeste do Rio
Foto: Jadson Marques/Futura Press

Após a prisão de uma professora de matemática de 33 anos que confessou manter relações sexuais e amorosas com duas alunas de 13 anos, a mãe de uma das vítimas disse nesta quarta-feira, no Rio de Janeiro, que descobriu o caso através de cartas que a jovem havia recebido da educadora. "Sempre acreditei que na escola nossos filhos estariam seguros e acontece isso?", afirmou. "Ela é professora da minha filha, eu tinha que confiar nela!", disse a mãe da adolescente.
Em depoimento, a professora afirmou que queria uma "relação séria" com adolescente de 13 anos. A mulher foi localizada por policiais civis, nesta madrugada, em Realengo, na zona oeste do Rio. Ela pode ser condenada por estupro de vulnerável e corrupção de menores.
Apesar de casada, a mulher disse que 'namorava' uma das jovens desde maio. O marido aparentemente não sabia de suas relações com menores. A educadora já havia sido transferida para outra instituição de ensino depois que a direção da Escola Municipal Rondon, localizada no bairro de Realengo, recebeu denúncias da sua suposta relação íntima com a aluna.
A Secretaria Municipal de Educação informou em comunicado que, após receber as primeiras denúncias em setembro, afastou a educadora de suas funções e abriu uma investigação sobre o caso.

Tá aí uma verdadeira professora petista adepta do PNDH 3, no minimo é construtivista freiriana e daquelas que transar com o mesmo sexo independente da idade tá na moda e o PNDH 3 protege, tudo certo!
Essa esculacho na educação é a arma petista para emburrecer e criar massa de manobra com desinformação e ainda criar ou aumentar a comunidade gay. Votem no PT!

Nenhum comentário:

Postar um comentário