Free Shoutcast HostingRadio Stream Hosting

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Clique na imagem para ampliar e ler o editorial de O Globo.

Cuba corta pasta de dente, detergente e sabão da cesta básica. Hay que feder, pero sin perder la ternura jamás.

Da Folha de São Paulo, informando que depois do desodorante e do sabonete, só encontrados no câmbio negro, os cubanos também perdem o sabão, que quebrava um galho no banho:


A cesta básica, conhecida como "libreta", que os cubanos recebem desde os primeiros dias da Revolução Cubana de 1959, perderá amanhã três itens. A partir do primeiro dia de 2011, de acordo com resolução publicada no diário oficial, a população não terá mais sabão, pasta de dente e detergente gratuitos. Esses produtos serão vendidos exclusivamente em algumas lojas espalhadas pela ilha, por um preço que varia de 5 a 25 pesos (entre US$ 0,23 e US$ 1,13). O salário médio mensal dos cubanos é de cerca de US$ 20 (R$ 35). As baixas remunerações, ao lado dos cortes nos benefícios sociais, têm causado insatisfação em parte da população. O partido comunista já havia cortado batatas e cigarros da cesta básica, criada após a ascensão de Fidel Castro e o embargo econômico imposto pelos EUA. Raúl Castro, irmão de Fidel e seu substituto no poder, garantiu que os sistemas de saúde e de educação continuarão livres de tarifas, mas outros subsídios, a exemplo do sabão, da pasta e do detergente, serão cortados. O fim da "libreta" é parte de uma série de medidas anunciadas nos últimos meses pelos dirigentes de Havana, com objetivo de diminuir o tamanho do Estado. Elas incluem demissão de servidores públicos ao longo do ano de 2011 e o estímulo ao setor privado.
.................................................................................
Sabonete e desodorante, em Cuba, é só no câmbio negro, há muitos anos. O sabão quebrava um galho. Agora acabou. O ícone da Revolução Cubana, o argentino Ernesto Che Guevara, era conhecido como El Cochino ou O Porco. Destestava tomar banho e fedia como um suíno. Os bons tempos de Guevara estão de volta em Cuba. Pobre povo.
Falta pouco para ele perder a caneta. O que vocês acham que será mais fácil ele pegar para se distrair: um livro ou um copo? Haja fígado!

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

BONS DESTINOS PARA O VERÃO: GAROPABA/SC, PRAIA DO PINHO/SC, TORRES/RS

VIADAGEM AGORA SE APRENDERÁ NOS BANCOS ESCOLARES, VEJA O VIDEO QUE AS CRIANÇAS IRÃO VER A PARTIR DE 2011 NAS ESCOLAS


APAGANDO AS LUZES DE LULLA

Essa dos bajuladores da Petrobras, donos dos maiores salários do Brasil, foi o ponto final no script de idolatria ao chefe que lhes garantiu emprego, casa e comida o tempo todo, a qualquer preço. Mudaram o nome do ponto petrolífero de Campo Tupy para Campo Lula.

Com essa cabotinice de traços nazistas, além de arrepiarem a Constituição que não permite homenagens públicas pespegadas a políticos tão espertos quanto vivos, tentaram burlar uma vez mais a lei justificando o ato de servilismo canino como "uma celebração à fauna marítima". Conseguiram apenas consagrar Lula como um molusco. Para os aduladores de Lula na Petrobras, o Cara é o bicho.

A PROVA
Ao apagar das luzes, CNI/Sensus revela que o governo Lula conta com 87% de aprovação popular no Brasil. Não é nada, não é nada, isso quer dizer que mesmo uma instituição como essa que errou todas as previsões eleitorais de outubro antes da boca de urna, pode mostrar que a mesma maneira de fazer pesquisa de opinião repetida mil vezes, vira verdade. Göebells já sabia disso na Alemanha de Hitler.

PAIXÃO DIVINA
Lula é, mais que um caso de amor próprio, uma crise febril e permanente de irrefreável paixão divina. Lula se ama sobre todas as coisas e a si mesmo como se fosse Deus.

O REI ESTÁ NU
Cabotino, como sempre, Lula aproveitou a entrega de mais uma obra que mal começou na Bahia, para desancar a imprensa:

"Alguns companheiros dos meios de comunicação disseram há algumas semanas que não íamos conseguir fazer o contrato de 1 milhão de casas. Talvez alguns estivessem acostumados com governos que ficavam sentados com a bunda na cadeira e não chamavam seus companheiros para cobrar o que tinham que cobrar".

Assim mesmo, sem papas na língua e sem medo de ser feliz mostrando a bunda de um rei que está nu e finge que não sabe, Lula vai encerrando seus oito anos de gandaia pelo Brasil e pelo mundo afora. Fez 85 viagens internacionais. Ficou mais de um ano de mandato fora do Brasil. Com a média de uma viagem por mes ao exterior, Lula não parou com a bunda na cadeira. Em compensação, a sua poltrona no Aerolula vai ter que ser trocada para maior conforto das viagens de Dilma, a primeira-presidenta. Se é que ela não vai trocar de avião.

NA CALADA DA NOITE, NA FINALEIRA DO MANDATO DE DESGOVERNO, LULLA....

Hoje Lula aprova o mínimo de R$ 540, abaixo da inflação anual, arrochando 45 milhões de brasileiros, especialmente os aposentados, que dependem deste reajuste e libera o terrorista assassino italiano Cesare Battisti para viver entre nós, com as suas mãos sujas do sangue de quatro inocentes. As duas medidas serão assinadas em silêncio, na última hora. Para isso, Lula não vai reunir a mídia e fazer paródias imbecis no seu discurso. Chegamos, finalmente, ao último dia.

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

FELIZ ANO NOVO!



O Bunker da Cultura agradece a preferencia dos leitores brasileiros, alemães, norte americanos, portugueses, franceses, ingleses, hindus e demais países que acessam este blog...Desejando um 2011 repleto de paz, saúde e muitas realizações.
E para 2011 garantimos não só mesma qualidade que tivemos até o momento mas melhorando e tentando esclarecer cada vez mais o que é de interesse de todos.
FELIZ ANO NOVO!

LULLA DAQUI PRA FRENTE, NADA SERÁ DIFERENTE....

Lula acaba de declarar que quer seguir na politica sem ser candidato. A única figura no mundo que goza deste status é Fidel Castro. O tiranossauro cubano, depois de quase morrer em função do moderníssimo tratamento dado pelos médicos do seu país, abandonou o cargo de ditador vitalício e entregou o posto para o seu irmão, Raul Castro. Fidel Castro nomeou a sua Dilma. Assim como Lula colocou a máquina pública para eleger o seu Raul. Lula e Fidel são muito amigos. A última vez em que estiveram juntos comemoraram a morte de Orlando Zapata Tamayo, depois de uma greve de fome onde o preso político implorou pela interferência do presidente brasileiro. Fidel abandonou o cargo e ficou à sombra, escrevendo as suas "reflexões", carregadas de ódio contra a liberdade e a democracia. Lula diz que "agora tenho que trabalhar para a Dilma ter a mesma sorte que eu tive, de ter a mesma relação com o povo que eu tive. E eu sei que ela é uma mulher guerreira, que ela tem disposição". Na verdade, Lula quer ser o Fidel da Dilma. Mas como não sabe escrever, vai continuar falando, falando, falando, se a imprensa der espaço.  Fidel tem escapado da doença e  não quer mais voltar. Lula não está fisicamente doente. Mas a cabeça está completamente comprometida pela paranóia de continuar no poder. Fidel, ao que parece, está sob controle. Lula está completamente descontrolado. A cachaça da falta do poder tende a fazer mais estragos. Lula Fidel é uma incógnita. O Brasil, mais do que nunca, depende do fígado do Lula. Que ele beba aquele caminhão inteiro que saiu do Planalto. Faltam apenas dois dias.
Vocês já imaginaram o desespero do raivoso ao virar um sem microfone? Vai se afundar no copo
 
 Toque de silêncio
 
Por Maria Joseita Silva Brilhante Ustra
www.averdadesufocada.com
 
 
“Em uma guerra, a primeira vítima é a verdade”,
 Hiram Johnson - Senador americano - 1917
 
 
Nosso site tem recebido muitos e-mails de civis de todos segmentos da sociedade , de soldados a altas patentes das Forças Armadas, queixando-se da falta de informações sobre  a Contra-Revolução de 1964 e o Regime Militar.
Confirmando a falta de informações a respeito do período, em uma troca de idéias sobre os chamados "anos de chumbo",  foi dito por um general, na presença de mais dois generais, dois coronéis e três civis, um deles , eu, que:
- Nós, militares, não eu,  não discutimos o assunto por desconhecimento e vergonha desse período! ( Textualmente)


Creio que não são muitos, mas, esses, certamente, terão vergonha, por desconhecerem a história e, consequentemente, não terem condições de discutir o assunto. Provavelmente, não viveram essa época e nas escolas que frequentaram devem ter estudado em livros, onde a história já vinha sendo reescrita , com a versão da esquerda. Viram nas TV noticiários,  mini-séries, novelas e filmes onde os subversivos e os terroristas das décadas de 60 e 70 são mostrados como heróis desarmados que foram torturados, trucidados e abusados sexualmente pelos truculentos gorilas das Forças Armadas. Eram "pobres estudantes que lutavam pela liberdade e pela democracia". Leram reportagens tendenciosas em jornais e revistas  de grande circulação. Têm que ter vergonha, realmente, falta-lhes conhecimento do que, realmente, se passou naquele período .
As Forças Armadas ganharam a batalha das armas, mas não enfrentaram a guerra das comunicações!...
Perderam a guerra. Não rebateram as críticas... Não  mostraram  aos milhares de jovens que passaram por suas fileiras, como soldados, como sargentos, como cadetes, ou como alunos dos Colégios Miliares a verdadeira história da Contra-Revolução de 1964 e o desenvolvimento que o regime militar trouxe ao Brasil.
Os militantes das organizações subversivo-terroristas valendo-se do fato de que as três últimas gerações não foram testemunhas oculares dos fatos ocorridos durante os governos militares, estão agora no poder e com o dinheiro de nossos impostos pretendem continuar a cooptar os jovens
Os militares e a sociedade deixaram que um grupo de militantes de organizações subversivo-terroristas que, finalmente, depois de três tentativas de tomada do poder  pelas armas,  na quarta tentativa,  ao assumirem o poder pelo voto popular,  reescrevessem  a história, valendo-se do fato de que as três últimas gerações não foram informadas do que se passou  durante os governos militares. Assim. esses estudantes tendem a crer nas inverdades que o governo com o dinheiro de nossos impostos divulga permanentemente.
 Agora, vão lançar essa nova arma na doutrinação dos jovens do 2º grau.  Esse CD – ROM é inadmissível, pois seu conteúdo conspira contra a democracia. É o controle do Estado sobre a opinião pública
É inadmissível que o maior crime praticado, clandestinamente, antes e durante o regime militar - o recrutamento de nossos jovens - continue a ser praticado agora, às claras e  com a conivência da sociedade.
Será que as Forças Armadas, enquanto instituições nacionais permanentes, têm o direito, de calar-se ante tamanha ignomínia praticada contra a Nação?  Será que não percebem que esse CD-ROM é mais uma peça de propaganda na guerra psicológica contra as Forças Armadas?
Nós, que vivemos essa época, que vimos jovens serem cooptados para a luta armada, que vimos  nossos amigos morrerem emboscados, que vimos  soldados jovens que serviam à Pátria  e civis inocentes serem  assassinados, não podemos aceitar esse silêncio das nossas Forças Armadas  ante tamanha ignomia praticada contra a Nação.
Não sou militar, apesar de conviver com eles e, especialmente com um, meu marido,  há cerca de 50 anos . Não sei, exatamente, o que diz a Constituição quanto às atribuições das Forças Armadas, mas penso que, antes de servir  a governos, as Forças Armadas, devem lealdade ao Brasil e consequentemente à sua história!
Sei que não sou ninguém para sugerir nada a pessoas com muito mais cultura e conhecimento de suas atribuições e seus deveres do que eu, mas, atrevo-me a dizer que,  já passou da hora - mas nunca será tarde, para começar a escrever a verdadeira história da Contra-Revolução e do periodo militar .
Um gesto de grandeza e amor à Patria seria publicar conjuntamente - Exército, Marinha e Aeronáutica - um CD-ROM, um livro -  repondo a verdade dos fatos ocorridos no período 64/85,  mas, que não seja para o público interno e sim para as escolas , nem que seja apenas para as escolas militares
.

POPULARIDADE LULISTA

Prestes a deixar o governo após oito anos, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva registrou aprovação pessoal recorde de 87%, segundo a pesquisa CNT/Sensus. O patamar atingido pelo mandatário petista é a maior também comparada com o governo do tucano Fernando Henrique Cardoso.

PARA O APEDEUTA SAIR ASSIM, SÓ COM MIDIA COMPRADA, INSTITUTO DE PESQUISA COMPRADO OU O POVO TÁ NA MISERIA E POR BOLSA ESMOLA VENERA ESSE SEMI ANALFABETO QUE SAI REPLETO DE DECOROS E ESCANDALOS NAS COSTAS.

vejam que cotação está a Mulla que vai assumir

"É uma dificuldade minha, você sabe que eu sou curto em inteligência. A Dilma, às vezes, não termina um raciocínio. E eu não tenho imaginação suficiente para entender o que ela diz" - ex-presidente da República, Fernando Henrique Cardoso

Campo Lula

 




A área de Tupi teve sua comercialidade declarada nesta quarta-feira pela Petrobras e os sócios Galp e BG. O novo campo será denominado Lula, e tem reservas estimadas em 6,5 bilhões de barris de petróleo e gás recuperáveis. Tupi era o nome provisório da área descoberta. Após a declaração de comercialidade, os campos recebem nomes de formas marinhas.

Comento: O futuro ex-presidente Lula disse que quem fez a maior capitalização em bolsa este ano não foi a Fiat ou a GM, mas "um metalúrgico de São Bernardo do Campo". A confusão entre público e privado chegou ao seu ápice durante o (des)governo Lula. É tudo dele! "O Estado sou eu"! "O povo sou eu"! Lula é dono da Petrobras. Nada mais natural que o gigantesco poço de Tupi mudar de nome para Campo Lula. É triste ver in loco o nascimento de um patético culto à personalidade desses. Que coisa mais atrasada! Coisa de matuto ignorante que chegou onde nunca havia sonhado poder chegar.

A VERDADE QUE OS PTRALHAS NÃO ASSUMEM

video

MENTIRA PREPARADA E IMPOSTA

Evandro Éboli - O Globo
BRASÍLIA. No apagar das luzes da gestão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o governo decidiu ensinar aos estudantes de escolas públicas como eram os porões da ditadura, como funcionava a repressão e como se davam as torturas.
O conteúdo dessa aula sobre as vítimas da repressão - incluindo a lista e a biografia dos 384 desaparecidos políticos - está reunido no CD-ROM "Direito à memória e à verdade", que será distribuído aos cerca de 7,2 milhões de estudantes de ensino médio das escolas públicas do país. O material foi produzido pela Secretaria Especial dos Direitos Humanos e pelo Ministério da Educação (MEC).
O documento digital é um dos mais completos arquivos com registros daquele período: são 10.505 imagens e trechos de 380 filmes e documentários. Há até a inclusão de 4.892 canções que marcaram a ditadura, de 1964 a 1985. O CD-ROM mostra o que ocorria nos teatros, na TV e na imprensa do Brasil e do mundo.
"Objetivo é reflexão sobre aquele tempo"
O documento foi encomendado pelo governo ao Projeto República, um centro de documentação da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), coordenado pela historiadora Heloísa Starling. Um dos responsáveis pela concepção do CD-ROM, o historiador Augusto Carvalho Borges afirmou que o objetivo é ir além da biografia das vítimas da ditadura.
- O propósito é mostrar as histórias compartilhadas, não só individuais, fragmentadas. Ao registrar o que ocorria ao mesmo tempo no cinema, no teatro, nas artes plásticas, permite-se uma reflexão sobre aquele tempo. É um tema delicado, sabemos, mas que exige ser amplamente visitado - disse Augusto Borges.
Os alunos terão acesso a imagens de tortura, de militantes de esquerda mortos e de manifestações e a trechos de documentários, muitos desconhecidos no país. É o caso de uma cena do ex-delegado do Dops Sérgio Fleury sendo condecorado por militares. A imagem faz parte do filme "Você também pode dar um presunto legal", de Sérgio Muniz, realizado durante a ditadura e concluído no exílio.
Material digital quer dar visibilidade ao passado
O CD-ROM inclui parte do conteúdo do livro "Direito à memória e à verdade", lançado pela Secretaria de Direitos Humanos em 2007 e que causou polêmica nas Forças Armadas.
Os ministros Fernando Haddad (Educação) e Paulo Vannuchi (Direitos Humanos), autores do projeto, afirmaram na apresentação do CD-ROM que o livro foi "mais um passo no reconhecimento, pelo Estado brasileiro, de sua responsabilidade nas graves violações aos direitos humanos ocorridas durante os anos do regime militar". Sobre o CD, os ministros disseram: "Estamos, ambos ministros, convencidos de que somente dando visibilidade aos fatos ocorridos em nosso passado recente poderemos ajudar na construção da memória nacional e contribuir ativamente na construção de nosso futuro".

Dilma, a tábua de salvação das FARC

E na ordem internacional, assessorados pela UNASUL, o Movimento Continental Bolivariano e os "novos melhores amigos" do presidente Santos, recorreram a promover protestos em várias latitudes pela "injusta" destituição em andamento da senadora e a promover ações legais internacionais para buscar sua restituição.
Ao mesmo tempo, com este estratagema de propaganda esquerdista, celebraram com exagero a eleição da terrorista brasileira Dilma Rousseff, em substituição do pró-terrorista Luiz Inácio Lula da Silva. E, que coincidência, a libertação dos cinco seqüestrados para desagravar a "ofendida ex-senadora", vai-se produzir com o "apoio humanitário do governo brasileiro", porém como primeiro grande ato de solidariedade internacional da presidente terrorista, em honra da "paz na Colômbia".
Não é nova a maquiavélica jogada estratégica das FARC, em busca de reconhecimento político com status de beligerância e supressão do qualificativo de terroristas, para receber apoio posterior que lhes permita atacar a Colômbia desde o exterior, e implantar uma ditadura comunista afim a Lula, Chávez, Correa, Ortega, Castro, Lugo, Kirchner, Morales e Mujica.
As FARC já haviam tentado com a farsa da reunião de Chávez, Correa e o índio boliviano com Tirofijo no Caguán, para exigir o despejo de Pradera e Florida. Depois, com a falida trama de Néstor Kirchner para receber Emmanuel, o filho de Clara Rojas, e com a palhaçada de Piedad Córdoba e Hugo Chávez para ajudar a fingir "boa-vontade das FARC" com as libertações dos congressistas e do cabo Moncayo. E em seguida, com o seqüestro do governador de Caquetá e a difusão simultânea na Europa de um filme, editado pelos comunistas argentinos, na qual as FARC aparecem como santos varões.
A diplomacia hipócrita de Santos, Chávez e Correa, após a saída de Álvaro Uribe da Casa de Nariño, indica que os socialistas caviar da UNASUL avançaram em incisivos contatos com Santos e a ministra Holguín, para propiciar "negociações de paz" com as FARC após a libertação dos seqüestrados.
E nelas a "camarada e compatriota" Dilma Rousseff terá um papel preponderante, pois não só está em jogo a ambição totalitária dos comunistas latino-americanos, como a continuidade da liderança de Lula no projeto intercontinental de atacar e destruir os Estados Unidos e seus aliados com a combinação de todas as formas de luta, mediante o desenvolvimento de mil vietnãs em mil partes. E a Colômbia é o ponto ideal para iniciar esse incêndio no hemisfério.
O Congresso da República, a Chancelaria, as altas cortes, as Forças Militares, os meios de comunicação e a sociedade em geral devem entrar em alerta vermelho. Urge desempoeirar as análises dos fracassados processos de paz anteriores, incrementar a ação ofensiva das tropas contra os acampamentos das FARC e pôr nos trilhos a "mediação" de Dilma que, como é óbvio, faz parte do complô contra a Colômbia.


* - Analista de assuntos estratégicos - www.luisvillamarin.com
      Tradução: Graça Salgueiro



BOCUDOOO!

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva se antecipou à sua sucessora, Dilma Rousseff, e anunciou, nesta quarta-feira, que José Sérgio Gabrielli permanecerá na presidência da Petrobras no próximo governo. "Quero cumprimentar o companheiro Gabrielli por Dilma ter anunciado que ele fica na presidência da Petrobras", afirmou, ao discursar durante lançamento da pedra fundamental da refinaria Premium 2, no Complexo de Pecém, em Caucaia (50 km de Fortaleza). Dilma chamou Gabrielli no começo da semana para conversar, mas não anunciou ainda oficialmente sua permanência no comando da estatal.

UM POUCO DE FILOSOFIA

"Nada há encoberto que não venha a ser revelado; e oculto que não venha a ser conhecido".
Lucas 12:2
 
"A desejada igualdade não pode existir na sociedade como não existe na natureza."
JEAN-PAUL MARAT
"Uma mentira muitas vezes repetida, torna-se verdade"
Joseph Goebbels

PODE ESCONDER, MAS NÃO ETERNAMENTE

Jesse Owens



Você já deve ter ouvindo esse nome, Jesse Owens, sim ele mesmo, o negro “superatleta” o sujeito que fez Hitler babar de raiva por derrubar o mito da supremacia ariana, o povo alemão ficou megaputaqueparivelmente loucos de raiva, por ver Jesse derrota-los em plena olimpíada nazista, e mais um monte de babaquices dita pelos eternos manipuladores da historia e repetido insaciavelmente pelos papagaios chamados “povão ou massas, como queiram”.

Matérias e mais matérias foram remetidas às redações de todo o planeta repetindo monotonamente esta falsificação que hoje é tida como verdade histórica.

Os fatos, na verdade, foram completamente diferentes.


Jesse Owens conquistou 4 das 24 medalhas de ouro para os Estados Unidos. Este superatleta nunca e em lugar nenhum recebeu tantas homenagens e carinho quanto recebeu das autoridades e da população alemã!
Dito desta maneira, depois de tantas mentiras durante meio século, torna-se quase inacreditável.O jornal Zero Hora, de Porto Alegre, chegou a declarar, em matéria no estilo “Holocausto Olímpico”, que a Olimpíada de 36 teria sido “um fiasco para Hitler” !Ora, como sede da mais bem organizada Olimpíada até aquela data e, de longe, campeã absoluta dos jogos, a Alemanha nacional-socialista só tinha motivos de alegria e orgulho. E Hitler só poderia ter “babado de ódio” na imaginação doentia dos deformadores da História.(Outro fato que poucos sabem e que haviam judeus na delegação alemã como o jogador de hóquei Rudi Ball e a esgrimista Helena Mayer) e que tal isso, o organizador da vila olímpica também era judeu o capitão Wolfgang Fürstner.A vitória alemã, com 33 medalhas de ouro, 26 de prata e 30 de bronze, quase não deixou medalhas para os restantes 31 países participantes (com exceção dos EUA que conquistou 24 de ouro – quatro graças a Owens – 20 de prata e 12 de bronze), foi “abafada” na imprensa mundial e só se ouviu, e ouve até hoje, falar em Jesse Owens.Owens, o SuperatletaOwens foi um atleta excepcional, tendo inclusive batido recordes mundiais na prova de 100 metros, no salto em distância, ao vencer o alemão Lutz Long e também nos 200 metros rasos, onde bateu novo recorde, sob o delírio do público alemão, fanático por esportes.
Jesse Owens recebe a medalhe de ouro seguido de um japonês e do alemão Lutz Lange.

Hitler entusiasmado tratou de não perder nenhuma competição importante.Quando a primeira medalha de ouro foi conquistada por um atleta alemão, o arremessador Hans Wölke, Hitler foi pessoalmente cumprimentá-lo. Na mesma ocasião congratulou-se com mais três fundistas filandeses e duas atletas alemãs. Foi então que o Presidente do Comitê Olímpico resolveu intervir. Disse a Hitler que ele, na qualidade de convidado de honra, deveria ou cumprimentar todos os atletas vencedores ou não felicitar mais nenhum, pois a correria e a confusão que isto acarretava, com centenas de fotógrafos, cinegrafistas, repórteres, seguranças e público que procuravam aproximar-se do líder, estavam atrasando o andamento normal dos jogos. Como não podia estar presente a todos os momentos em que os campeões eram agraciados, Hitler optou então por não descer mais da tribuna de honra. Quando Jesse Owens ganhou as medalhas, Hitler já tinha tomado a sua decisão. E, ao contrário de ter-se mostrado indignado, abanou efusivamente para o grande atleta.Nas palavras do próprio Jesse: “Quando eu passei, o Chanceler se ergueu, e acenou com a mão para mim: eu respondi ao aceno…”A razão do gesto era muito simples. O Nazismo exaltava acima de tudo, o vigor físico e a estampa, não importando qual fosse a raça. Aquele que revelasse alguma musculatura e virilidade, harmonizada num belo corpo, tinha sua imediata aprovação.Owens permaneceu na Alemanha mais tempo do que estava programado e fez uma turnê pelo país sempre sob o assédio de multidões de admiradores e caçadores de autógrafos. O próprio Lutz Long, derrotado (mas não humilhado, como ridiculamente afirmam até hoje), tornou-se seu grande amigo.



Fotos pouco divulgadas do atleta alemão Lutz Lange e Jesse Owens juntos após competirem.

A ironia dessa história é de quem de fato discriminava os negros era a delegação norte-americana, que os segregavam durante os próprios jogos olímpicos.Owens voltou aos Estados Unidos, sem sequer receber um aperto de mão de seu presidente, voltando a sentar-se nos bancos traseiros dos ônibus, reservados aos negros. Suas extraordinárias vitórias não lhe ajudaram em nada, pessoalmente, mas foram utilizadas magnificamente pelos manipuladores sionistas, até os dias de hoje, sendo que a vitória total da Alemanha de Hitler nas Olimpíadas de 36 foram solenemente ignoradas pelo mundo. Inclusive até a atualidade, quando as embaixadas e consulados daquele país, ao se pedir informações sobre aquele fantástico evento, respondem com um lacônico “nada consta”…


"Não foi Hitler que me ignorou - quem o fez foi Franklin Delano Roosevelt. O presidente nem sequer me mandou um telegrama", disse mais tarde Owens a Jeremy Schaap, autor do livro Triumph, sobre os Jogos Olímpicos de Berlim de 36.



Viúva de Owens:
“Berlim representa muito para mim. Não estive em Berlim quando meu marido Jesse conquistou suas quatro medalhas em 1936, porém fizemos várias viagens mais tarde àquela cidade. Tudo era maravilhoso. Os alemães eram muito agradáveis para nós. Em Berlim colocaram até o nome de Jesse numa rua. Gostaria imensamente que os Jogos Olímpicos do ano de 2.000 fossem novamente em Berlim. Eu defendo esta idéia com todas as minhas forças e é realmente uma pena que Jesse não viva mais. Ele batalharia em todo o mundo pela realização dos jogos em Berlim, no ano 2.000″.Ruth Owens

CULTURA BRASILEIRA ANTES DOS COMUNAS TOMAREM CONTA

PREFEITURA/OASE




Nova Petrópolis - Na tarde desta terça-feira, dia 28, o prefeito Lui Schenkel convocou uma reunião no gabinete do Executivo Municipal com integrantes da OASE, órgão mantenedor do Hospital de Nova Petrópolis, a fim de discutir questões relacionadas ao convênio do Município com a casa de saúde. Fizeram-se presentes quatro integrantes do órgão, inclusive sua presidente Mariana Michaelsen, além da secretária de Saúde Aneliese Kich, vice-prefeito Ricardo Lawrenz, diretora de Seção de Licitações e Contratos
Públicos, Gisela Michaelsen, e presidente da Câmara de Vereadores Darlei Wolf. A reunião teve o intuito principal de mostrar que o Poder Público está disposto a dialogar e entrar em comum acordo a respeito do convênio. “Não queremos mandar no Hospital, mas sim ajudar. Diversas coisas devem ser implantadas de forma diferente, e isso devemos fazer juntos, numa gestão integrada entre o Hospital e a Prefeitura”, disse Schenkel. Durante a reunião, foram discutidas algumas alternativas para que o Hospital consiga obter recursos extras, além do convênio com o Poder Público Municipal, assim como possíveis soluções para suprir o rombo. A OASE fará uma reunião com o seu conselho para debater as soluções propostas pela Prefeitura a respeito do convênio e dará retorno ao Poder Público ainda essa semana. (JH)

Números que falam mais alto do que o bombardeio midiático. E a oposição segue em silêncio.

 
Os gastos do governo Lula, até novembro, cresceram 24,6%. Mesmo assim, até dezembro, apenas 26% dos investimentos previstos para o ano foram realizados. Desenhando: Lula gastou 25% a mais para fazer apenas 26% do que prometeu. Esta é a medida mais clara do grande estelionato eleitoral que foi concretizado no Brasil, em 2010. Esta é a prova mais arrasadora da escandalosa mentira que cercou a eleição de Dilma Rousseff. Enquanto isso, a oposição coloca as champanhas para gelar e só vai lembrar de eleições lá por fevereiro de 2013, quando fará prévias para escolher entre o cocô e a titica.  Lula já começou a sua campanha. Em 2014, ele volta por absoluta falta de quem o enfrente e o conteste.

DA HONRA AO PUXA SAQUISMO


Tem gente que de vez em quando pergunta por onde andam as gloriosas FFAA. Ora , gente, em algum coquetel, em algum regabofe, em algum jantar comemorativo, em alguma lambeção de saco, trocando medalhas por migalhas. No último mandato de Lula, ele e a sua turma torraram R$ 154,4 milhões em "festividades e homenagens". O Ministério da Defesa é o campeão das festinhas, com gastos de R$ 39,4 milhões, 25% do total.  Alguém pode apontar os motivos pelos quais a milicada fez tanta festa? As informações são do Contas Abertas. Leia aqui.

Na foto acima, Dona Marisa recebe a medalha Santos Dumont, talvez por ter voado oito anos no mais profundo silêncio...

LULA SÓ SABE DAR, MAS NÃO SABE DE ONDE VEM

Dados de 2009

Pernambuco
7.228.568.170,86
 11.035.453.757,64 
3.806.885.586,78





O Estado  arrecada R$ 7.228.568.170 86 

O Lula repassa ao  Estado R$ 11.035.453.757,64

Apenas R$ 3.806.885.586,78  a  mais. É frevo na  avenida minha gente.

Parecia carnaval em Recife (PE), mas era dezembro, e não fevereiro, e os blocos não tomaram conta das ruas. Ao invés de folia, o motivo da festa era a despedida oficial do presidente Luiz Inácio Lula da Silva de seu Estado de origem.

O resto  era  resto conversa  mole  pra  boi  dormir, papo  de bebado em  boteco  de esquina.

LEIA MAIS  AQUI  NO  BOL/NOTICIAS sobre a despedidado Lula que  nesses 8 anos de mandato passou   mais de  um ano  batendo  asas pelo  exterior, e neste  2010 passou  se despedindo e chorando do jeito  que  massa de  ignorantes gostam.

Lula em seu  discurso  de despedida  promete voltar.
Em seu discurso, Lula fez um histórico de sua caminhada política, mas não deixou de pedir apoio à futura presidente e anunciar um breve retorno. “A palavra de ordem é apoiar a companheira Dilma e ela será companheira de Pernambuco. Ela, junto com Eduardo [Campos], vai fazer muito mais. Eu saio da presidência, mas não pensem que vão se livrar de mim, porque vou estar nas ruas desse país para ajudar a resolver os problemas do Brasil”, afirmou.

QUE NOVIDADE!


“O presidente Lula falhou na promoção de reformas para abolir a cultura política de corrupção, clientelismo e espoliação”.
Clifford Sobel, embaixador americano 

COMO NASCE UM PETISTA (ENGANAÇÃO VEM DE BERÇO)

video

PASTOR LULLA

O presidente afirmou que poderá se tornar pastor quando deixar o cargo: "imagina eu fazendo um sermão".

Para ser pastor nesse país precisa pouco, basta falar muita bobagem ou decorar algum trecho biblico e misturar os personagens religiosos e sair promentendo milagres, seja qual for o tipo e se tem um pastor novo na praça.
Promessas e mentiras é o que os comuna mais sabem fazer e disso o Lulla é pos graduado depois de 8 anos em Brasilia, já era bom nas mentiras antes, agora é PHD.
Só temos esta triste realidade pela falta de cultura e educação da maioria do povo, pois duvido que nos anos 50/60 um Lula da vida seria presidente, jamais! havia educaçãoe  cultura de sobra para a população, mas a esquerda acabou com a cultuira e a educação, agora ta aí o resultado! Os vermelhos avançando e massacrando gerações de forma silenciosa e o povo dopado com seu ópio e promessas milagrosas de felicidade e igualdade.

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

feliz 2011 II

Vai, Lula, vai fazer o que você mais gosta. Vai, Lula, vai. Que, de agora em diante, você seja o que sempre foi:  "o fruto da efervescência da sociedade" da água com o Sonrisal...depois da cachaçada e do churrasquinho de bife com paozinho.

feliz 2011

Otáriooooo, oh, otárioooooooo! Lambeu o chão do Lula? Votou na Dilma? Abriu mão do salário mínimo de R$ 600 que seria pago pelo Serra com o dinheiro que iria sobrar do fim da corrupção do PAC, do pé na bunda da cumpanherada, dos caças franceses superfaturados, da roubalheira da filharada do homem? Toda vez que você pagar cada vez mais caro por um pãozinho com manteiga, lembra do Mantega, que declarou o seguinte sobre o salário mínimo: " se depender de mim, o mínimo será de R$ 540 (abaixo da inflação!), porque é o melhor para manter as contas do governo em dia". Otárioooooo, oh otáriooooooooo, nunca esqueça que quem elegeu esta gentalha foi você.
(mande este post para algum otário que votou na Dilma, com os votos de um feliz 2011)

o que influenciou a PTralhada, acesse e veja!

http://nacional-socialismo.com/Realismo_comunista.pdf

banalização

Baby Gaga: exemplo de naturalização da pedofilia, da destruição da infância e de toda decência possível, em meio ao triunfo do marxismo cultural e do capitalismo monstruoso

OS LULA DA SILVA FILHOS

Dois dos filhos do presidente Lula, Fábio Luís e Luís Cláudio, abriram em 16 de agosto deste ano duas holdings --sociedades criadas para administrar grupos de empresas--, a LLCS Participações e a LLF Participações. 

Ao final de oito anos de mandato do pai, Lulinha e Luís Cláudio figuram como sócios em seis empresas. 

A Folha constatou, porém, que apenas uma delas, a Gamecorp, tem sede própria e corpo de funcionários. 

Seu faturamento em 2009 foi de R$ 11,8 milhões, e seu capital registrado é de R$ 5,2 milhões. Ela tem como sócia a empresa de telefonia Oi, que controla 35%.  Fonte: Folha.com

Em troca de 35% das ações da Gamecorp, a Oi pagou a Lulinha cinco milhões de Reais. 

Em reconhecimento a benevolêcia da Oi em adquirir 35% das ações da Gamecorp, uma empresa com capital inicial de cem mil Reais, por cinco milhões de Reais, Lula pai favoreceu a Oi através de modificação na Norma Regulamentadora da ANATEL, possibilitando a Oi adquirir a BrT de Daniel Dantas.

Qualquer um em uso de sua capacidade mental pode ver que este meteórico progresso dos filhos de Lula não é normal sem que haja um forte componente de corrupção, falta de ética, de moral e de princípios de honestidade.

APAGÃO EDUCACIONAL

o texto abaixo é da revista Ensino Superior, n.128.
Fôlego reduzido
O número de alunos na graduação, que teve o menor ritmo de crescimento desde 1999, demonstra a desaceleração do ensino superior do país
O número de matrículas no ensino superior brasileiro continua a crescer, mas em ritmo menor do que em anos anteriores. Pelos dados do Censo da Educação Superior de 2007, mais de 4,8 milhões de pessoas fazem um bacharelado presencial atualmente, 4,3% a mais do que em 2006, quando o número de alunos no sistema era de 4,6 milhões. Esse é o menor ritmo de crescimento desde 1999, quando o índice atingia a casa dos 10%. A estabilização no crescimento de matrículas já era esperada pelo segmento, que previa a saturação do mercado e as conseqüências da falta de alternativas para o financiamento estudantil. (...)
Cliquem aqui para ler o texto na íntegra.
Os dados que são apresentados não refletem o "efeito Reuni", que em muito se aumentou a quantidade de vagas nas universidades federais, que têm se transformado em "escolões" de 3o grau - fábricas de diplomas de qualidade questionável (a UnB, que dobrou a quantidade de alunos calouros, tem que ser incluida nesse bolo).

ps: "Fiquei sabendo deste texto pelo blog do Niconau Werneck"
Transcrito de: Ciência Brasil 
Este artigo desmente a demagogia lulo petista sobre a educação no Brasil.

O mundinho à parte de Brasília

Além de enfadonha, Brasília costuma ser uma cidade muito cara pra se viver. Se não bastasse isso, como se explicaria que esta capital tenha o segundo maior PIB per capita do país, além de ser uma cidade que representa mais de 3% do PIB nacional? Brasília possui indústria, agricultura ou comércio pujante? Nada disso. É a capital do funcionalismo público, ou melhor, do déficit público. Como dizia o economista e ministro do planejamento Roberto Campos, Brasília é uma usina de déficits e bazar de ilusões. Malgrado ter dados estatísticos de cidade rica, é uma ilha cercada por cidades-satélites paupérrimas, tão feias quando a metrópole-mãe. Sem contar que a política do Distrito Federal não deixa a dever a nenhuma cidade do interior do nordeste, em matéria de escândalos, roubalheiras e clientelismo dos mais xucros. Cultura de dependência estatal é regra. Se o governo federal comprou milhões de almas com o bolsa-família, em particular, ganhando muitos votos no nordeste, não foi diferente a política do governador destronado do Distrito Federal, o Sr. José Roberto Arruda, do DEM. Ele também tinha sua dose de compra legal de votos, através de um bolsa-família distrital.
Apesar disso, os palpites que escutei de Brasília revelavam um lugar à parte, que não existe. Uma burocracia maravilhada com suas regalias, alienada e envolvida com as propagandas do governo Lula ou mesmo prócer ou partidária das mentiras governamentais. E crédula na sua autoridade sacrossanta de entidade estatal, como se os donos da papelada e da mesa do "bureau", no seu estreito mundinho da Esplanada dos Ministérios, do Congresso, do STF, STJ ou do Planalto, pudessem comandar e administrar os complexos problemas de uma nação continental, através de fórmulas prontas de portarias administrativas. Há funcionários públicos em Brasília que acreditam piamente nisso. Tal como o viés da cidade stalinista, eles acham que podem gerenciar a nação como se fossem segmentos de uma grande repartição pública da União ou de uma Gosplan soviética.

Claro que o problema do centralismo governamental é bem antigo. Porém, o governo Lula aumentou essa crença demiúrgica da burocracia onipotente sabe-tudo. Não foi por acaso que o governo criou mais de trinta ministérios, cada um mais inúteis do que outros. E como agora o Estado catou os louros da glória do crescimento econômico, o público de Brasília, que é feito de burocratas, acha que foi causador do aumento das vendas, do consumo e do boom do comércio internacional. E o pior é que muita gente acredita! Vai entender esses umbigos falantes!
Enquanto isso, eu me sentava à mesa com um amigo, que trabalhava para o Itamaraty: o sujeito elogiava a política externa do governo Lula, com relação ao Irã e à Coréia do Norte. Supostamente, em nome do livre comércio e da aliança do Brasil na Liga árabe (se bem que o Irã não seja necessariamente um país árabe, mas persa). Ainda que para isso o Brasil se transforme em inimigo político de quase todas as democracias ocidentais e bajule as piores ditaduras genocidas e terroristas, o meu querido amigo votou em Dilma Roussef porque ela criaria novas embaixadas nos países de terceiro mundo. O segundo turno das eleições presidenciais causou-lhe um pavor horroroso. Se José Serra se elegesse presidente, nas palavras dele, não haveria concurso público para a diplomacia. Pelo jeito que ele falou, seria capaz de se deslumbrar facilmente por conta de um carguinho diplomático na embaixada do Sudão!
Confesso que fiquei decepcionado com essas opiniões. Como alguém pode se dar ao luxo de falar tantas tolices? No entanto, talvez seja porque os neófitos da diplomacia queiram adquirir a linguagem petista e bajular os "barbudinhos", os diplomatas esquerdistas engravatados do Instituto Rio Branco. Vale tudo pra concurso público, inclusive, imitar as idéias patéticas dessa fauna caricatural. A diplomacia brasileira chegou ao seu pior momento no governo Lula. Meu amigo dizia que o Brasil ganhou respeito internacional. Onde? Quando? Como? A Bolívia confiscou o gasoduto da Petrobrás, aumentou a tarifa do gás e o país ficou caladinho, com um pontapé na bunda. O Paraguai aumentou artificialmente o preço da energia elétrica de Itaipu, rompeu contratos, como a Bolívia, e o Brasil arregaçou o traseiro. Inclusive, houve esquerdistas idiotas que diziam que nós éramos "exploradores" desses países.
A China gerou um boicote na soja brasileira, que gerou uma queda artificial no preço do produto, gerando um prejuízo de milhões de dólares às nossas exportações. Sem contar em nosso envolvimento patético nas relações Irã e Israel, ocasião em que o país serviu de chacota, tanto para os islâmicos, como para os judeus e os Estados Unidos. E, ainda, o Brasil se presta a usar de sua embaixada, para as políticas megalomaníacas de Hugo Chavez em Honduras. O país coleciona a cada ação diplomática, fracasso sobre fracasso. Mas isso não existe em Brasília. Levar chute na bunda é um caso curioso de vitória do país. Se um dia Evo Morales e os narcotraficantes da fronteira tomarem o Acre, é capaz de o governo Lula elogiar a invasão de suas fronteiras, porque supostamente os brasileiros roubaram o espaço boliviano, em troca de um cavalo. Alguém teve razão em dizer que o governo Lula é o auge do entreguismo, do rebaixamento moral e ético do povo a qualquer republiqueta hispânica. Isso não me espanta: a esquerda sempre odiou o país. Se a Ex-União Soviética, Cuba, China, Coréia do Norte, Irã ou mesmo a Venezuela de Hugo Chavez tomassem o poder neste país, a esquerda agradeceria, contrita, tal como a vadia da zona que apanha de malandro e gosta.
Brasília me causou um asco profundo. Ainda me pergunto como esse outro "país" nos governa? Captando alguns comentários e algumas idéias, agora dá pra entender, em parte, por que este país não vai pra frente. A estreiteza mental de uma cidade contamina todo um país continental.

HITLERISMO DESCOBERTO

Na residência do bacharel, foram encontradas miniaturas de tanques, soldados e um boneco de Hitler sentado em um veículo oficial nazista. Foto: Márcio Mercante /O Dia
Agentes do programa Delegacias de Dedicação Integral ao Cidadão (Dedic) da 14ª DP do Rio de Janeiro cumpriram, nesta terça-feira, mandado de busca e apreensão na residência de um bacharel em Direito, acusado de injúria racial. Na casa, foi encontrado um boneco do nazista Adolph Hitler.
Segundo a Polícia Civil, o Dedic recebeu denúncia de que João Marcos Aguiar Gondim Crespo, 26 anos, utilizava as redes sociais para expor seu preconceito pelas pessoas que visitam a árvore de Natal da Lagoa Rodrigo de Freitas, na zona sul do Rio de Janeiro.
Na busca feita na casa do bacharel, próximo à lagoa, foram encontradas miniaturas de tanques de guerra, soldados nazistas e um boneco de Adolph Hitler sentado em um veículo oficial nazista. Um computador e um notebook também foram apreendidos.
Os policiais encontraram a página do site de relacionamento usado pelo acusado com as seguintes declarações: "O mal-humor (sic) está além de seus bairros de origem, está em renegar sua genética, cabelo ruim, sorriso horrível, baixa estatura e baixo nível sócio-cultural (sic). São feias por natureza, já nascem com 20% de gordura na cintura, não tem dinheiro nem pra ir pra São Paulo. (...) Deus nos livre dessas pragas cafonas, nós, pessoas de bem, que nascemos bem, que tivemos educação e uma ótima genética".
O acusado estava sendo ouvido pela polícia na tarde de hoje e pode ser condenado a pena que varia de dois a cinco anos de reclusão

RESULTADO DA FALTA DE EDUCAÇÃO, CULTURA, VALORES, LIMITES... DESRESPEITO

Quem passa pelo Museu Municipal de Caxias do Sul desde o início de dezembro percebe um novo adereço na entrada. A escadaria de acesso ao prédio da Rua Visconde de Pelotas, 586, agora é protegida por portões de ferro. Datado do final do século XIX e tombado pelo patrimônio histórico do município, a opção do cercamento foi uma medida para preservação da estrutura e evitar a ação de vândalos.

Conforme a diretora do Museu Municipal, Liliana Alberti Henrichs, o projeto para colocação das grades é planejado desde que assumiu o comando da instituição, em 2005. Segundo Liliana, com a intensa movimentação de pedestres na região, próxima a dois terminais de transporte coletivo e a uma escola, o espaço estava sendo usado como banco ou ponto de encontro.

— Desde da perda do (cinema) Ópera, o museu ficou deslocado do contexto daquela quadra. Com as linhas de ônibus, as pessoas só usam para passagem e faziam a escadaria de banco — explica.

Por ser um prédio histórico, o projeto de instalação das grades foi apresentado à Comissão Específica e Permanente para Proteção do Patrimônio Histórico e Cultural, formada por servidores do município, em setembro, que aprovou a solicitação.

As grades dos acessos ao Museu Municipal são chaveadas após o horário de expediente. No horário comercial, as portas ficam encostadas e o prédio pode ser acessado por todos.

NEM OS LOCAIS MAIS SOSSEGADOS E LONGE DOS CENTROS URBANOS ESTÃO PROTEGIDOS DO MAL DAS DROGAS

Dois homens foram presos por tráfico de drogas na manhã desta terça-feira na estrada municipal que liga Jaquirana a São Francisco de Paula. Eles estavam em um Chevette com placas de Caxias do Sul quando um deles foi reconhecido por um policial.
 
Ao pararem o veículo, os policiais encontraram 70 gramas de maconha no carro. De acordo com o delegado Reinaldo Zequinão Neto, de Bom Jesus, os homens foram presos por acaso. As polícias Civil e Militar de Jaquirana realizavam uma operação conjunta para tentar cumprir um mandado de prisão, que nada tinha a ver com os homens do Chevette.
 
Quando o carro passou pela estrada, porém, os policiais reconheceram um dos homens que vinha no Chevette por ele ser suspeito de envolvimento em outros crimes. Por isso, resolveram revistar a dupla e vistoriar o carro.
 
Os homens devem ser encaminhados ao Presídio Estadual de Vacaria.

NÃO BASTA MATAR PROFESSORES, AGORA QUEREM MATAR A ESCOLA FISICAMENTE TAMBEM!

O retorno do feriadão de Natal foi desagradável para a comunidade da Escola Estadual de Ensino Médio Lajeado Grande. Funcionários e professores da instituição, que funciona no distrito há 55 anos e atende 280 alunos, encontraram o prédio depredado na segunda-feira. Vidros estavam quebrados e parte das paredes, pichadas.

Na madrugada de terça, os vândalos agiram novamente. Ao todo, 86 vidros foram destruídos e palavras ofensivas foram escritas no prédio. A ação causou estranheza à comunidade de Lajeado Grande, que tem cerca de 3 mil habitantes e está acostumada com a tranquilidade.

Para os professores, a tristeza pelo vandalismo foi ainda maior devido ao projeto desenvolvido em 2010 com os alunos.

— Trabalhamos o ano inteiro a questão da conservação do patrimônio público. A gente ficou totalmente chocado — desabafou a professora Leodenira Luz de Andrade. Nem a proximidade com o posto da Brigada Militar do distrito, inaugurado em junho e distante aproximadamente 300 metros do colégio, inibiu os vândalos.

BOA MUSICA PARA O REVEILLON


Rel. Name: VA–Im_Single_Records_001-013-(IMS013)-WEB-2010-SiBERiA
Genre: HOUSE
FiLE iNFO: 10 Tracks | 135.43 MB
MP3 iNFO: BitRate: 320 kbps | SampleRate: 44 kHz | Channels: Joint-Stereo
Tracklist:
01. Zero Cash & Khan – Light Of Love [ 04:09 ]
02. Lay Low – Please Don’t Hate Me (Gluteus [ 06:53 ]
03. Big Robot – Coka Kohle (Bjorn Torske Remix [ 06:05 ]
04. Little Annie & The Legally Jam – How Could You (Khan Mix) [ 07:36 ]
05. Khan – Candygirl (Moonoton Remix) [ 03:52 ]
06. President Bongo & dOP – Gossip Rats 122BPM [ 05:45 ]
07. DJs Pareja – Ponelo Ya (feat. Ladybumbox) [ 05:44 ]
08. Khan – On The Run (DJ Kaos Remix) [ 08:24 ]
09. Khan Of Finland – Strip Down (Rodion Remix) [ 06:54 ]
10. Cascao & Lady Maru – Tropical Tasting [ 03:40 ]
Download + alternative links:

hotfile.com
VA–Im Single Records 001-013 (28.12.2010)
fileserve.com
VA–Im Single Records 001-013 (28.12.2010)

UM POUCO DE VERDADE

O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio dependem das decisões políticas.

O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia a política. Não sabe o imbecil que, da sua ignorância política, nasce a prostituta, o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos, que é o político vigarista, pilantra, corrupto e lacaio das empresas nacionais e multinacionais. "

Bertolt Brecht

CHEGAAA

Ninguém aguentava mais o "cara" falando. É ou não é uma dádiva não ter este boquirroto fanfarrão arrotando vantagem a partir de primeiro de janeiro?

QUE PRESTIGIO, HEIN PTRALHADA?

Uma pobreza só a presença de autoridades na posse de Dilma. Tirando os "bolivarianos", ao que parece nenhum chefe de estado virá. A última a cancelar foi a Dilma argentina, Cristina Kirchner.

FALTA POUCO MAS NÃO SE SABE POR QUANTO TEMPO

ENGODOS DA CIENCIA

por Rod Rojas




OzoneSkyPuzzle.jpg
Lembra-se de quando a redução da camada de ozônio iria fazer com que todos nós morrêssemos de melanoma maligno, há apenas alguns anos?  Essa intimidação do ozônio parece ter saído da pauta do terrorismo ambiental completamente.

Como você deve se lembrar, os clorofluorcarbonetos (CFCs) eram o capeta da época, desempenhando o mesmo papel que o dióxido de carbono (CO2) desempenha hoje no amedrontamento do aquecimento global.  Ambientalistas alegavam que o CFC iria, de alguma forma, subir mais de 64 km da superfície da terra até a camada de ozônio, não obstante o fato de os CFCs serem aproximadamente cinco vezes mais pesados que o ar.  Sem dúvida alguma, um caso típico de tijolos flutuantes.

Ao banirem os CFCs em 1989, os 196 países que assinaram o Protocolo de Montreal sobre Substâncias que Empobrecem a Camada de Ozônio perderam uma segura, barata, não-tóxica, quimicamente inerte, não-corrosiva e não-inflamável fonte para componentes de geladeiras, propelentes e sistemas de controle de incêndio.

Como ocorre com a maioria das regulamentações, a proibição do CFC atingiu os mais pobres com bem mais intensidade.  Milhões de geladeiras em perfeito estado de funcionamento não mais poderiam ser recarregadas com Freon, de modo que todo mundo foi obrigado a comprar novos eletrodomésticos, agora sem o CFC.  Tal medida, obviamente, foi especialmente difícil para aqueles de baixa renda.

Outro grupo que ainda hoje sofre bastante com tal medida é aquele formado por asmáticos.  Os inaladores com CFC foram substituídos por inaladores com HFA (hidrofluoroalcano), os quais, segundo os relatos de vários médicos, possuem uma eficácia apenas marginal quando comparados à versão de CFC, a qual propiciava um alívio mais rápido e mais duradouro à agonia da asfixia.  Muitos doentes de asma descobriram que, ao passo que os inaladores de CFC faziam com que apenas uma inalada fosse suficiente para reabrir as vias respiratórias, os novos inaladores sem CFC requerem duas ou mesmo três inaladas para funcionar.  Isso elevou o custo da medicação devido ao aumento da dosagem.  Para aumentar ainda mais os estragos, os inaladores de HFA, por serem uma introdução recente, são protegidos por patentes, ao passo que os inaladores de CFC já eram genéricos (não-patenteados).  Os preços por inalador aumentaram sensivelmente.  Apenas nos EUA, eles saíram da faixa dos US$ 5 — US$ 25 para a faixa dos US$ 30 — US$ 60.

Desnecessário dizer que os pagadores de impostos ainda estão sendo obrigados a financiar mais pesquisas nessa área fraudulenta, e que a proibição do CFC ainda segue viva e robusta.  Como sempre, regulamentações e financiamento público são muito facilmente implementados — especialmente quando o público é manipulado com táticas terroristas — e muito difíceis de serem revertidos.  Com efeito, regulamentações quase nunca são revogadas, e as instituições encarregadas de colocá-las em vigor apenas ocasionalmente são desmanteladas.

É importante reconhecer o padrão comportamental de governos, ONGs e cientistas ao analisarmos táticas similares de amedrontamento, como chuva ácida, bug do milêniodoença da vaca loucagripe suína e agora as mudanças climáticas e o terrorismo.  Medo e culpa são as típicas ferramentas utilizadas para roubar a liberdade e o dinheiro dos indivíduos.  Essa tática do medo promove uma arquitetura cada vez mais centralizada de nossas escolhas e faz com que haja transferências de poder e riqueza cada vez maiores para os governos.

Intimidações ambientais são particularmente eficazes porque combinam os efeitos do medo e da culpa.  Esses cenários do tipo "homem-contra-a-natureza" propiciam infinitas possibilidades para que retirem nossas liberdades mais básicas, a menos que o poder seja completamente retirado dos governos.

Enquanto não entendermos que homem e natureza são a mesma coisa, nunca haverá um grau de subdesenvolvimento baixo o bastante para saciar os ecofanáticos.  O suposto filósofo e pensador do movimento ecológico, Derrick Jensen, escreveu que "a civilização não é e nunca poderá ser sustentável".  Não devemos nunca subestimar esse tipo de declaração, especialmente vinda de um sujeito como Jensen, que possui uma ampla platéia e que já defendeu aberta e repetidamente o uso da violência militante para se alcançar objetivos ambientais.  É preciso estar sempre alerta, não para a possibilidade de ações violentas de grupos ecológicos liderados por Jensen, mas para o talento dos governos em cultivar tais ideias e utilizá-las em proveito próprio.

Assim que o mito da mudança climática começar a perder impacto e a população se cansar dessas táticas terroristas, pode esperar pela invenção de novas intimidações.

Rod Rojas é corretor de seguros e atua como conselheiro financeiro para assuntos pessoais, corporativos e de políticas públicas.  É membro do Partido Libertário de Ontário.

HOSPITAL TRANSPARENTE

O Hospital Nova Petrópolis é uma entidade filantrópica, de caráter privado e mantido pela Ordem Auxiliadora de Senhoras Evangélicas de Nova Petrópolis (OASE).
As diretrizes e decisões estratégicas do hospital são estabelecidas e aprovadas pela Diretoria da OASE e pelo seu Conselho Administrativo. Os membros desta diretoria e conselho não são remunerados e dispõem-se voluntariamente a auxiliar o hospital.
A Diretoria da OASE é composta de seis membros associadas à entidade e eleitas em assembleia geral de dois em dois anos. Os integrantes do Conselho Administrativo são escolhidos pela diretoria da OASE, entre membros da comunidade do município de Nova Petrópolis. São também integrantes deste Conselho o Pastor da Comunidade Trindade e a Presidente da OASE, como membros natos.
As reuniões do Conselho Administrativo ocorrem mensalmente, na última quarta-feira de cada mês, e ainda, extraordinariamente quando necessário. As decisões deste grupo servirão de orientação e rumo para que a direção administrativa do hospital adote as ações necessárias a fim de concretizar as estratégias determinadas. Fonte: blog Hospital Nova Petropolis
Após a fatidica sessão da camara onde a oposição liderada pela vereadora Simone não convenceu sobre a obrigação do poder publico auxiliar financeiramente o hospital, temos desde lá a presença do blog do hospital na blogosfera.
Depois deste blog questionar tantas situações e posições,  o blog do hospital inicia sua auditoria virtual, mostrando dados e principalmente colocando as claras quem é o responsavel pela crise, mesmo sendo de forma indireta, bastando analisar sua estrutura organizacional.
O administrador fez, mas a OASE foi neste tempo todo conivente com as atitudes ou quem sabe, não teve força para limitar o andamento da crise.
A OASE em seu conselho administrativo, tem capacidade tecnica no seus integrantes para avaliar e buscar soluções para os problemas? ou simplemente deixa a cargo de quem acha competente o fazer, avalizando sem conhecimento e opinião propria?
Fica claro, que o poder publico não administra e muito menos tem culpabilidade da crise, afinal se a entidade mantenedora não teve capacidade administrativa, assim como a gestão anterior teve para colocar o hospital no patamar superavitário, que culpa tem o poder publico disso?
O ano está encerrando e temos duas situações distintas:
O convenio com a prefeitura(compra de serviços) encerra em 31/12, para a prefeitura haverá prejuizo, mas muito menor do que para o hospital, com a quebra do convenio mas pior será para o hospital, pois ter 50.000 e não ter, são 100.000 e o momento não é de posições radicais mas de buscar soluções administrativas através do dialogo, algo que não foi feito até o momento, deixando para o discurso politico partidario e de um pequeno grupo e não toda a organização,  a busca das soluções.
Tambem em 31/12 encerra o contrato de prestação de serviços da empresa NVP Assessoria Empresarial, com sua renovação na mão do conselho administrativo e da presidente da OASE. Em time que ganha não se mexe, mas em time que perde o que se faz para mudar o cenario do jogo? Com estas duas situações transcorrendo no apagar das luzes de 2010, poderemos ver qual o poder de decisao da entidade mantenedora e seu conselho administrativo.
A quebra do convenio com a prefeitura não fará do hospital um entidade que atenderá apenas convenios e particulares, pois sendo filantropico o atendimento SUS SE MANTERÁ COMO SEMPRE OCORREU.
Aguardamos o desfecho de 2010 e na torcida para que 2011 inicie com boas perspectivas.