Free Shoutcast HostingRadio Stream Hosting

quarta-feira, 23 de março de 2011

TARSO GENRO E OS INTELECTUAIS TUPINIQUINS

Não se pode esperar nada muito melhor de quem escreve um livro chamado “Lênin - Coração e Mente”. Conheci muitos leninistas vida afora. Há alguns por aí até hoje. Mesmo os admiradores mais contumazes do líder soviético jamais se atreveram a dizer que ele tinha um coração! Tarso se confundiu. Era o intestino.
Quanto à imprensa do “centro”, que ele repudia, com seus “especialistas”, que ele ironiza, dizer o quê? Huuummm… Tarso também gostava de dar uma ciscadinhas fora de sua área. Já enveredou pela poesia, por exemplo. Mostrando-se um poeta de mão cheia,,mandou ver:
“Quanto te esperei e quanto sêmen
inútil derramei até o momento” ( PORNOZINHO O GOVERNADOR,NÃO?)
Num momento, assim, Gabriel Chalita, evocou memórias menos pegajosas:
“A vovó Cacilda parecia uma patinha
e a vovó Julica elétrica e risonha
conversava com lagartos” (ESTE CHALITA SÓ TEM DOIS NEURONIOS MESMO!)
Que coisa! O netinho da Julica conversa com dinossauros!

Nenhum comentário:

Postar um comentário