Free Shoutcast HostingRadio Stream Hosting

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Onda empreguista tarsista aumentará o déficit do governo gaúcho

A Folha de São Paulo desta terça-feira denunciou que o governador Tarso Genro criou 500 novos cargos em apenas tres meses de governo.
. 330 são cargos de confiança, portanto de livre nomeação. Eles contemplarão filiados e simpatizantes dos aliados e do PT.
. Além dos 500 novos cargos, o governo do PT resolveu criar cinco novas secretarias. Outros órgãos estatais estão a caminho (leia nota sobre a agência que o governo quer criar em cima de parte do espólio do Daer, conforme informe abaixo).
. O jornal ouviu também o chefe da Casa Civil de Tarso, o vereador Carlos Pestana, que desprezou o impacto das novas despesas sobre os gastos. Ele avisou que elas não alterarão o déficit previsto de R$ 550 milhões. Trata-se de um prejuízo de raciocínio matemático do secretário, porque as novas despesas representam impacto adicional de R$ 50 milhões por ano, portanto quase 10% do déficit que o próprio Tarso Genro quer gerar em 2011.
- Como se sabe, o déficit fiscal de que fala o governo é o déficit orçamentário, resultado da diferença entre o total da receita e o total das despesas do ano. É decisão do governo aumentá-lo ou diminui-lo. A gastança do atual governo produzirá impacto negativo sobre as fianças.

http://polibiobraga.blogspot.com/2011/03/onda-empreguista-tarsista-aumentara-o.html
Quem sabe o nome do partido não passa a ser Partido dos Cargos de Confiança...

Nenhum comentário:

Postar um comentário