Free Shoutcast HostingRadio Stream Hosting

quarta-feira, 29 de junho de 2011

JEAN VEADO WILLYS, MOSTRANDO A OUTRA PARTE DO BRASIL QUE NÃO CONHECIAMOS!

Por dez votos a sete, o Conselho de Ética da Câmara rejeitou nesta quarta-feira a representação contra o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ). A maioria dos integrantes do colegiado entendeu que o deputado tem o direito de expressar a sua opinião e portanto votou contra o relatório de Sérgio Brito (PSC-BA), que pedia a abertura do processo. Durante a sessão, Bolsonaro trocou acusações com Jean Wyllys (PSOL-RJ) e Chico Alencar (PSOL-RJ). Wyllys disse que Bolsonaro tinha que limpar sua boca para lhe dirigir a palavra. "Tenho orgulho de ser chamado de veado por outro veado. E o sr. tem que lavar a boca, pois sou homossexual com 'h' maiúsculo, de homem, coisa que o sr. não é", afirmou. Wyllys disse que Bolsonaro usou da homofobia, que não é crime, para justificar o crime de racismo

Nenhum comentário:

Postar um comentário