Free Shoutcast HostingRadio Stream Hosting

domingo, 11 de dezembro de 2011

noticias do ultra defesa



O governo federal criou um monstro. Uma "comissão" que, a pretexto de "esclarecer" a conduta de membros e autoridades do Regime Militar, já nasceu errada: à semelhança do tribunal de Nuremberg, tal comissão também visa, na verdade, à revanche, à vingança! Sim, apesar dos nomes, tão pomposos quanto falsos de "apuração", "justiça", o que se pretende DE FATO é a promoção da vingança mais mesquinha, mais caluniadora, mais baixa e vil.

Sabe-se, de antemão, que ninguém ligado ao Regime Militar será ouvido; ao contrário, supostas "vítimas da repressão"  terão ali seu palco assegurado para destilar rancor; para dar asas à imaginação que denigre que difama.
A parcialidade sempre é certeza da INJUSTIÇA, já desde o princípio.
Por isso, o NOME CORRETO desta monstruosidade da vingança pode ser obtido apenas tirando a primeira letra da primeira palavra; sim: 
"OMISSÃO DA VERDADE", é o circo de horrores e ódio que o governo está montando, ONDE A VERDADE SERÁ OMITIDA, quando não distorcida!

No tribunal de Nuremberg, foram enforcados friamente dezenas de membros do governo alemão, pelos vingativos aliados; não só militares ou "criminosos de guerra", mas até mesmo jornalistas!
Aqui, por força da Lei de Anistia, não se pode propor nem efetuar a "punição" dos militares. Embora, cá como lá, a vontade seja esta mesma. Aqui, não matarão nossos militares, oficiais e praças (além daqueles já assassinados nos anos 60 e 70). Mas, que ninguém se iluda: está sendo urdida a cruel morte de nosso Exército, sim! A perversa morte moral, psicológica de nosso EB, que tal comissão do ódio terá dois anos para buscar, para propiciar, ACUSANDO O EXÉRCITO de tudo quanto se possa imaginar; porém não o deixando se defender, se explicar, e contar a SUA versão, aliás, a versão do GUARDIÃO DA LEI E DA ORDEM e salvador da democracia em 1964!

Então, cabem certas perguntas, para os membros desta comissão:
- Jogar bombas, seqüestrar e manter a vítima em imundos cárceres privados, por um prazo indeterminado, na TORTURA psíquica BRUTAL da INCERTEZA, comendo apena imundícies, também não é tortura?

- O jovem tenente da PM 
Alberto Mendes, antes de ser morto, foi selvagemente espancado e mutilado! Que nome tem isto? Ah, agora não é tortura?

- O garoto prestando o serviço militar, 
Mário Kozel, trucidado e morto por carga brutal de explosivos, também não foi vítima fatal da tortura?

- O civil 
Orlando Lovecchio, que perdeu a perna em atentado a bomba, não foi vítima de ação TERRORISTA, assim como as diversas vítimas de outro atentado, aquele que ocorreu no aeporto do Recife?

Isto são "ações políticas", isto foi "mera reação" contra um Regime Militar, ou tudo não passou de ATOS CRIMINOSOS de fanáticos covardes, cruéis, brutais?

Roubar, seqüestrar, detonar explosivos, em 1970, era algo tão criminoso aos olhos da LEI, do código penal, como é HOJE!
 Que os CRIMINOSOS de ontem não venham hoje querer OCULTAR, OMITIR  a realidade sobre seus atos imorais, enquanto apontam seus dedos imundos para o Exército!

E sugerimos a formação de uma Comissão da Verdade, esta sim ÚTIL e necessária, para investigar e apurar a infinita DITADURA cubana, que se perpetua no poder a mais de meio século, torturando e matando, sim senhor, todas as vozes divergentes!
Ou que a comissão da verdade busque apurar o que Cesare Battisti fez na Itália!
Que convoque os parentes das 4 pessoas em cuja morte ele está implicado!

Com a palavra, a cOMISSÃO DA VERDADE!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário