Free Shoutcast HostingRadio Stream Hosting

domingo, 29 de janeiro de 2012

Caros Leitores do Bunker!


Nos proximos dias o Bunker mudará de endereço, deixaremos o RS, mas alçando novos voos, continuaremos trabalhando em prol da boa informação, da cultura e da transparencia que tanto nos é negada de forma velada pela horda vermelha instalada em nosso país.


Até Breve!

Mídia Sem Máscara - Burrice com fome de pasto

Mídia Sem Máscara - Burrice com fome de pasto

sábado, 28 de janeiro de 2012

Mídia Sem Máscara - Capitalismo brasileiro?

Mídia Sem Máscara - Capitalismo brasileiro?

Mídia Sem Máscara - Começa revolta contra agenda LGBT de Obama

Mídia Sem Máscara - Começa revolta contra agenda LGBT de Obama

Mídia Sem Máscara - Queda-de-braço

Mídia Sem Máscara - Queda-de-braço

LIBERTATUM: Los Angeles Times: Lula, O Filho do Brasil, é um f...

LIBERTATUM: Los Angeles Times: Lula, O Filho do Brasil, é um f...: Los Angeles Times, destaca o caráter de culto à personalidade de "Lula, o filho do Brasil" Deu na crítica do Los Angeles Times o que já ...

YRMINSUL: A Destruição de Dresden

YRMINSUL: A Destruição de Dresden: Por Voltaire Schilling Fonte Há mais de meio século, no final da Segunda Guerra Mundial, a estupenda cidade de Dresden, na Alemanha, um...

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Historia de Brasilia


Brasília começou a existir na primeira Constituinte no Império Brasileiro, em 1823, numa proposta colocada por José Bonifácio de Andrada e Silva, argumentando quanto à necessidade da mudança da Capital para um ponto mais central do interior do país e sugerindo ainda para a cidade o próprio nome que a tornou famosa em todo o mundo.
            A vocação mística de Brasília se inicia quando é incorporada à sua história a visão soft do santo italiano, São João Bosco - Dom Bosco. Ele dizia ter sonhado com uma espécie de terra prometida para uma civilização dofuturo, que nasceria situada entre os paralelos 15° e 20°, às margens de um lago.
A "Cidade Livre", hoje Núcleo Bandeirante     A construção do Congresso Nacional     A construção da Esplanada dos Ministérios
            No dia 7 de Setembro de 1922 é lançada a pedra fundamental de Brasília, próxima a Planaltina. Por inspiração e iniciativa do Presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira, em 1956, foi criada a NOVACAP - Companhia Urbanizadora na Nova Capital, empresa pública à qual foi confiada a responsabilidade e competência para planejar e executar a construção da nova capital, na região do cerrado goiano. Tudo surge a partir do sinal da cruz traçado por Lúcio Costa, o encarregado do urbanismo da cidade.
            Articulado com a equipe de Lúcio Costa, um grupo de arquitetos encabeçado por Oscar Niemeyer projetou, em curto espaço de tempo, todos os prédios públicos e grande parte dos residenciais da nova cidade.
Não podemos esquecer que o nome da cidade, escolhido pelo arquiteto comunista Oscar Niemayer, significa Brasil em russo, uma subliminar demonstração do arquiteto pelo marxismo então praticado na URSS.
            No dia 21 de Abril de 1960, a estrutura básica da cidade está edificada, muitos prédios ainda são apenas esqueletos, mas os candangos (nome dado aos primeiros habitantes da nova cidade), liderados por seu presidente, festejam ruidosamente a inauguração da cidade, fazendo o coração do Brasil pulsar forte para dar vida à nova civilização sonhada por Dom Bosco. Nasce Brasília - a Capital da Esperança.
            Ao lado os principais responsáveis pela construção de Brasília: Oscar Niemeyer, Israel Pinheiro, Lúcio Costa e Juscelino Kubitschek.
            O Distrito Federal possui 5.801,9 km², está localizado na região Centro-Oeste e possui como limites, Planaltina de Goiás (Norte), Formosa (Nordeste e Leste), Minas gerais (Leste), Cristalina e Luziânia (Sul), Santo Antônio do Descoberto (Oeste e Sudoeste), Corumbá de Goiás (Oeste) e Padre Bernardo (Noroeste). Suas características são: planalto de topografias suaves e vegetação de cerrados, com altitude média de 1.172 metros, clima tropical e os rios principais são o Paranoá, Preto, Santo Antônio do Descoberto e São Bartolomeu. A hora local em relação a Greenwich (Inglaterra) é de - 3 horas.
Na foto, Oscar Niemeyer, Israel Pinheiro, Lúcio Costa e Juscelino Kubitschek (www.portalbrasil.eti.br)            O Distrito Federal é dividido em RAs (Regiões Administrativas). O governo é chefiado pelo Governador do Distrito Federal, auxiliado pela Câmara Legislativa composta por 24 deputados distritais. No Congresso, o Distrito Federal é representado por 3 senadores e 8 deputados federais. Para cada região administrativa é nomeado um administrador. Essas regiões administrativas são formadas pela área urbana e pela da zona rural de cada uma delas.
            O Distrito Federal é formado pelo Plano Piloto, que engloba as asas sul e norte. São áreas próximas e que formam a cidade de Brasília as regiões administrativas do lago sul, lago norte, setor sudoeste, octogonal, cruzeiro velho e cruzeiro novo. Um pouco mais distante das áreas centrais, ficam as demais regiões administrativas (antigamente chamadas de "cidades satélites"), que são cidades de pequeno e médio portes, localizadas a uma distância variável entre de 6 e 25 km do Plano Piloto. São elas: Gama, Taguatinga, Brazlândia, Sobradinho, Planaltina, Paranoá, Núcleo Bandeirante, Ceilândia, Guará, Samambaia, Santa Maria, São Sebastião, Recanto das Emas, Riacho Fundo I e II e Candangolândia. Essas cidades satélites possuem administração própria, sob coordenação do Governador do Distrito Federal e da SUCAR - Secretaria de Estado de Coordenação das Administrações Regionais.
            Os órgãos do governo federal, embaixadas, residências oficiais e prédios públicos federais, estão localizados no Plano Piloto, nas asa sul e norte e lago sul, em sua grande maioria. Brasília (Plano Piloto) é dividida em áreas para facilitar a concentração de empresas de um mesmo segmento, tais como: Setor Bancário, Setor Comercial, Setor Hospitalar, Setor de Diversões, Setor de Autarquias, Setor de Clubes, Setor de Embaixadas, áreas residenciais, comerciais locais, dentre outras. As ruas e avenidas em geral são largas, bem conservadas e fluem bem o tráfego dos veículos apesar da cidade possuir a terceira maior frota de veículos dentre todas cidades brasileiras. As principais são o Eixo Monumental (divide as asas sul e norte e onde se localizam os Ministérios, Congresso Nacional e diversos órgãos do governo local e federal), Eixo Rodoviário (pista central de alta velocidade, e os eixos paralelos de menor velocidade, que atravessam a asa sul e asa norte de uma ponta a outra), a W-3 (W de oeste em inglês, "west" - avenida comercial com muitas lojas, sinais e trânsito complicado e atravessam também as asas sul e norte por completo) e a L-2 (L de leste, que atravessa a asa sul e norte na região leste, onde se concentram escolas, entidades diversas, igrejas, hospitais, etc).
            Para a construção de Brasília, vieram pessoas de várias regiões do país. Eram os pioneiros, em busca de melhores condições de vida, deslumbrados pela possibilidade de trabalho e atraídos pela proposta de uma remuneração melhor. Eles viveram na chamada "Cidade Livre", hoje Núcleo Bandeirante e também na Vila Planalto. Muitas construções - diversas delas em madeira, são conservadas até hoje e fazem parte do patrimônio histórico da cidade.
            Assim, a cidade recebeu sotaques, cultura e costumes de indivíduos que vinham de todas as regiões do Brasil, mobilizadas rapidamente para a execução deste grandioso empreendimento histórico.
            A população da cidade é predominantemente jovem. Talvez por suas diferenças culturais e diversidade de costumes, esses jovens não incorporaram à sua pronúncia qualquer dos sotaques regionais trazidos de tantos locais.
            Às festas, aos costumes, ao folclore, à cultura, certamente devem permanecer enraizados os regionalismos mais fortemente ensaiados aqui pelas correntes migratórias vindas de todos os pontos cardeais. O tempo e essa gente vêm definindo o que fica e o que sai de lá. Esses jovens vão, progressivamente, marcando a identidade cultural da cidade.
            A atividade econômica mais importante da cidade é sua própria proposta inspiradora, ou seja, sua função administrativa. Por isso seu planejamento industrial é estudado com muita cautela pelo Governo do Distrito Federal. É intenção preservar a cidade, incentivando o seu desenvolvimento de indústrias não poluentes como a indústria de softwares, de cinema, vídeo, gemologia, entre outras, com ênfase na preservação ambiental e na manutenção do equilíbrio ecológico.
            A agricultura e avicultura ocupam lugar de destaque na economia brasiliense. Um cinturão verde na Região Geoeconômica de Brasília abastece a cidade e já exporta alimentos para outros locais.
            O Plano Piloto de Brasília hoje, possui a maior renda per capita do Brasil e a melhor média nacional de habitantes/telefone, habitantes/veículo dentre outros índices.
            Costuma-se racionalizar a informação sobre o clima de Brasília, dizendo-se que lá existem apenas dois períodos climáticos no ano: o seco e o chuvoso, o primeiro, de abril a meados de outubro e o segundo, de meados de outubro a março. Invariavelmente, o mês mais seco do ano é agosto. O mês mais frio é julho. No restante do ano, o clima é ameno e agradável, com temperatura média de 24 graus. Raramente a temperatura atinge 30° de máxima e 15° de mínima. O normal é oscilar entre 22 e 28 graus.
            A qualidade de vida da população de Brasília, situa-se dentro dos mais avançados padrões de excelência. Certamente, por ser sede político e administrativa da República, Brasília está dotada de infra-estrutura básicas como segurança, assistência à saúde, escolas e transportes, em nível de eficiência encontrado em poucos locais do país. Possui um moderno aeroporto internacional - 3ª cidade do país em movimento de tráfego aéreo -, metrô, uma enorme frota de ônibus urbano e transporte rodoviário para todo o país.
            O trânsito já foi mais fácil, mas ainda permite se deslocar de grandes distâncias em poucos minutos, que fazem com que a gente da cidade adquira certos costumes pouco peculiares a outras populações de grandes centros. Em fevereiro de 2011 já atingiu a incrível marca 1.249.928 veículos emplacados (acréscimo de 25% em 4 anos quando chegou ao primeiro milhão). O PIB per capita é o mais alto do país com R$ 45.977,59 - mais que o dobro da média nacional - e acima de 1/5 da população possui renda média mensal acima de US$ 1,350.00 (2007).
            Os parques da cidade e da água mineral (32.000 hectares), são locais de grande concentração de pessoas de todas as classes, principalmente nos finais de semana e nos feriados prolongados. Diversas atividades físicas e culturais são desenvolvidos no Parque da Cidade - um dos maiores do mundo. Também há opções ao redor da cidade, como é o caso do Salto do Itiquira, perto de Formosa-GO, e Pirenópolis-GO, cidade histórica distante duas horas de carro de Brasília.
            Outro hábito muito peculiar aos habitantes da cidade é o das recepções aos amigos, realizadas em recinto doméstico ou em clubes sociais e esportivos. A cidade possui  clubes de alto nível, geralmente à beira do Lago Paranoá, proporcionando inúmeras opções esportivas e de lazer para as famílias. A cidade possui a 3ª maior frota registrada de lanchas, barcos e embarcações náuticas em geral de todo o país.
            Brasília possui também no Plano Piloto - Lagos Sul e Norte -, a maior concentração brasileira e quem sabe mundial, de piscinas em casas de alto padrão de qualidade, também ao redor do Lago Paranoá. Pistas modernas, bem conservadas e limpas cercam toda a cidade.
            Outros destaques também são os monumentos e prédios públicos, de formas modernas e arrojadas e as construções históricas, como o Catetinho - primeira residência oficial do presidente da república. Como atrativos também se destacam a Torre de TV com vista panorâmica para toda a cidade, feiras de artesanatos, o autódromo internacional Nélson Piquet com grandes atividades esportivas nacionais e internacionais, a Ermida Dom Bosco, Igreja Dom Bosco, Catedral, Jardim Botânico e o Jardim Zoológico. A cidade possui excepcional infra-estrutura hoteleira, a maioria hotéis e flats de 4 e 5 estrelas - a maior concentração nacional, quantidade adequada de táxis, empresas de turismo, locadoras de veículos e passeios turísticos de helicóptero.
            Entretanto, como toda cidade grande, existem também favelas, grandes concentrações de áreas com população de baixa renda, principalmente no entorno. O turista que se dirige à cidade de carro, percebe logo isso nas imediações da cidade. Isso, em razão de promessas políticas de governadores do Distrito Federal, que incentivaram o êxodo de outras regiões para a cidade o que acabou causando o aumento do desemprego e da violência. Para combater isso, Brasília possui a mais moderna frota de veículos de fiscalização de trânsito e segurança pública do país e também proporcionalmente a maior quantidade de homens policiais civis e militares nas ruas, apesar da concentração se dar principalmente no plano piloto.
            Patrimônio Cultural da Humanidade. Este é o título maior conferido à arquitetura de Brasília, pela Organização das Nações Unidas - ONU. Lúcio Costa, seu projetista urbanístico, e Oscar Niemeyer, o arquiteto das mais importantes edificações de Brasília, conseguiram a harmonia plena entre volumes, espaços e formas.
            A linha do horizonte foi preservada como característica do relevo natural e a cidade é apenas cortada no azul degradê do seu céu. Os extensos gramados verdes e os jardins coloridos são o tom natural conferindo às edificações, que parecem não ter peso sobre o solo. As linhas arquitetônicas adotadas para as fachadas e colunas de sustentação dos prédios são de beleza ímpar. As fachadas envidraçadas dos modernos edifícios comerciais, espelham a cidade, multiplicando o reflexo das belas imagens arquitetônicas como um sonho futurista.
            Há muito tempo, profecias e visões envolvem a cidade de Brasília desde a "visão de Dom Bosco". Inúmeras são as seitas e religiões que proliferam e são praticadas na cidade.
            Brasília, de acordo com videntes, está exposta a fortes energias cósmicas. É um perfeito campo de pouso para visitantes extraterrestres, segundo os ufólogos, que organizam vigílias noturnas periódicas para contatos de qualquer grau com outras formas de vida do Cosmo.
            Coincidências cabalísticas, estruturais e históricas desta cidade com outras civilizações, levam teóricos a estudar e formular conceitos que são poderes a Brasília, atribuindo-lhe o título de capital da civilização do terceiro milênio, ou capital da civilização aquariana.
            Seja como for, o fato é que esta cidade é abençoada pela natureza e expõe, em certos finais de tarde, um céu tão maravilhosamente pincelado por tons de cores fortes que, de repente, se tem a impressão de que, a qualquer momento desta imensa harmonia cromática, de luzes, sombras e formas, surgirá algo como uma nave espacial.


quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Hitler [1 de 5] Sociedade Vril - A ordem que o ajudou e patrocinou [Dubl...

Graça no país das maravilhas: A VERDADE SOBRE O COMUNISMO - SOCIALISMO

Graça no país das maravilhas: A VERDADE SOBRE O COMUNISMO - SOCIALISMO: Não sabemos como funciona a mente humana, porém a capacidade mental do homem mesmo tendo evoluído no curso dos séculos sua propensão para ...

Economia e Capitalismo: Capitalismo solidário.

Economia e Capitalismo: Capitalismo solidário.: Thomás Tosta de Sá é presidente do Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (Ibmec) e ex-presidente da Comissão de Valores Mobiliários ...

..............Alarico Trombeta: RALÉ ELEITORA DO PT "RECEBE" SUA RECOMPENSA!!!

..............Alarico Trombeta: RALÉ ELEITORA DO PT "RECEBE" SUA RECOMPENSA!!!: Que ironia...A gentalha,GANHADORA DO BOLSA-ESMOLA que supostamente deveria estar satisfeitíssima com o GOVERNO FEDERAL que lhes dá o “M...

Mídia Sem Máscara - Os exterminadores do futuro IV - 3ª Parte: La Nuova Scuola Fascista

Mídia Sem Máscara - Os exterminadores do futuro IV - 3ª Parte: La Nuova Scuola Fascista

Mídia Sem Máscara - Deutschland über alles!

Mídia Sem Máscara - Deutschland über alles!

Lula, Dirceu e Palocci ganham do Governo aparelhos Nokia criptografados para conversas livres de grampos



Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.netPor Jorge Serrão
Exclusivo – As conversas telefônicas no primeiro escalão de Dilma Rousseff já estão mais seguras e protegidas de escutas indevidas e ilegais. O Governo adquiriu 395 celulares Nokia de última geração, com criptografia para proteger o conteúdo falado. Cada aparelhinho, importado da Finlândia, custa em torno de R$ 12 mil reais.

Dos 100 aparelhos que ficaram com o Palácio do Planalto, curiosamente, três foram dados aos mais ilustres membros do “governo paralelo”: o ex-Presidente Lula da Silva, e os super-consultores José Dirceu e Antônio Palocci Filho. É apenas um sinal (telefônico) de que continuam mandando muito nos destinos do País. Livres das escutas, poderão trabalhar com mais desenvoltura.

A distribuição dos sofisticados celulares já gerou ciumeira. Alguns senadores mais influentes da base governista já receberam os seus mimos anti-grampo, juntamente com os ministros ainda prestigiados por Dilma Rousseff. Não se sabe por que motivo o vice presidente Michel Temer ainda não recebeu o dele. Outro que ficou de fora da primeira fornada foi o Presidente do Senado. José Sarney, que também deseja um aparelho criptografado para “as emergências”, ficou magoado com a exclusão.

O sofisticado sistema de segurança tem operação simples. Basta digitar a tecla + e o código de área da ligação para o telefone ficar imune contra as arapongagens. A partir de agora, os aparelhos via satélite, de operação muito mais cara, ficarão de reserva. A Presidenta e seus “assessores privilegiados” só vão usá-los para contatos em lugares remotos, onde não houver sinal de telefonia móvel. Parabéns ao governo pela economia de recursos públicos!

Outros 600 equipamentos idênticos devem ser enviados ao governo brasileiro pela Nokia. Os telefones foram testados e aprovados pela Polícia Federal e pela Agência Brasileira de Inteligência. Os 11 ministros do Supremo Tribunal Federal também têm interesse neste celular que é usado pelos grandes líderes mundiais.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Um trem que teria sido do futuro



No III Reich, até o menor parafuso já estava desenhado para a construção do maior trem do mundo. Um empregado dos Ferroviários da República Federal Alemã encontrou o projeto esquecido e levou-o a público, somente anos depois.

Esse empregado das ferrovias alemãs não dava crédito ao que estava diante dos seus olhos. O Conselheiro Superior dos Ferroviários Federais, Anton Joachimsthaler, de 50 anos, encontrou por casualidade os croquis, plantas, desenhos e designs dos trabalhos prévios para a construção de um projeto gigantesco. Tratava-se da Grande Ferrovia de Hitler.


Esboço do Fusca, o carro do povo que fora idealizado por Hitler

Depois de uma larga pesquisa que durou três anos, nos arquivos da RFA e RDA, do estudo de croquis dos antigos organizadores, desenhistas e engenheiros das ferrovias do Reich, bem como conversas mantidas com sobreviventes daquela época, Joachimsthaler soube então sobre tais projetos e a história do Grande Trem, tendo um conhecimento superior aos 100 funcionários e os 80 engenheiros empregados na construção das locomotivas e vagões da indústria alemã.

Em um livro de difusão informativa, Joachimsthaler contempla o projeto planejado por Hitler, que devia unir a Europa com o ferro de suas vias de mão dupla, desde os Urais ao Atlântico, e que, devido às hostilidades existentes, foi considerado então também útil para a guerra e, portanto, mantido em máximo segredo.

Exemplo do refeitório do trem idealizado por Hitler

Hitler era, acima de tudo, um amante dos automóveis, pois segundo suas próprias palavras seria esse o meio de locomoção terrestre do futuro. As ferrovias não lhe despertavam muito entusiasmo. Era uma relíquia de tempos passados. Portanto, se as ferrovias queriam superar a si próprias, havia somente um caminho: crescer por cima de suas próprias vias de 1,435 centímetros, para buscar um novo tipo de trem, segundo o tamanho da nova Nação Europa. A proposta de se expandir as vias para 3 metros foi concretizada pelo Ministro do Reich para armamentos e munições, Fritz Todt.Depois das primeiras e vitoriosas ações militares na Rússia, no verão de 1941, haviam falado sobre isso Hitler e Fritz Todt. De acordo com as estradas largas para o Oeste, desejava-se também a construção de trens maiores, planejadas para viagens de passageiros trans-europeus e o transporte massivo de mercadorias desde a Ucrânia até a Alta Silésia. O Führer estava encantado com a idéia. "O que quero é ser um mestre na construção. Sou marechal de campo e guerreiro contra a minha própria vontade", disse Hitler. Sobre as edificações monumentais artísticas, arquitetônicas e as vias planejadas, tendo em vista a criação de novas cidades, Hitler afirmou que elas consistiam na "mais importante contribuição para a consolidação definitiva da nossa vitória". E as ferrovias ampliadas deviam, como meio de comunicação social igualitário, unir as cidades nesta Grande Alemanha, com a construção de novas e imensas obras arquitetônicas como estações.
Mentalmente, Hitler já havia imaginado sua super-ferrovia, viajando como um raio através da Europa, entrando na já planificada Estação-Cúpula de Munique, o mesmo que em Hamburgo, Nuremberg e Berlim. Os viajantes deviam não somente desfrutar da rapidez, conforto, eficácia e pontualidade das ferrovias do Reich, como também sentir o poder criador do Nacional Socialismo, ao notar as obras arquitetônicas nas estações.

Apenas com a autorização de Hitler é que certos engenheiros e técnicos se puseram a trabalhar fervorosamente na idéia. A psicologia da via de mão dupla larga havia começado.

Em pouco tempo, já se estava com toda seriedade de vias de 3'7, 4 e 5 metros de largura. Em maio de 1942, o Ministério de Transporte do Reich recebeu a decisão do Führer de planificar definitivamente a nova ferrovia de via larga com todos os veículos restantes. Somente seis meses depois, tinha sobre sua mesa os dados básicos para uma ferrovia como o mundo nunca vira. Tudo estava calculado: medidas, força do vento, resistência, segurança e suspensão, segundo o qual os especialistas planejaram uma largura de 3 metros, idéia que foi aceita por Hitler.

O trem citado não somente devia ter uma largura que fosse o dobro do normal e ser duas vezes mais larga que os trens normais. Não apenas isso: os vagões deviam possuir um piso superior, de forma que oito vagões dos normais iriam caber em um dos novos.
Exemplo de um dos cômodos do trem projetado pelo III ReichEsboço de Hitler para as conexões estabelecidas com o Trem do Futuro, sobretudo nas cidades fronteiriças que, se a Alemanha tivesse vencido, teriam sido transformadas em cidades exclusivas para trocas
Esse poder de concentração permitia também quantidades de viajantes que assustavam aos próprios planejadores das ferrovias. Eles preferiam conformar-se com duas ou três vezes o número de assentos. Mas o trem planejado de oito vagões sobre a via oferecia 1.728 assentos. E isso que em um dos vagões deviam ser armazenadas equipamentos e correspondências. O trem normal de então somente podia acolher, segundo a instalação, de 648 a 720 viajantes.

No piso superior do último vagão devia instalar-se um salão de vista panorâmica. Os viajantes, de Primeira e Segunda classe, teriam podido viajar, naquela época, a uma velocidade de 250 km p/h, sentados em poltronas confortáveis e desfrutando de uma vista global da paisagem. No vagão da Primeira Classe, somente ao se olhar através da janela é que se percebia que se estava em um trem. As comodidades eram de um hotel de luxo. O chão aveludado, marchetaria, decoração de bom gosto e, ademais, uma mesa para corte de cabelo, higiene pessoal e banho. Nos sofás-cama, uma bela mesa de madeira para o cavalheiro, o máximo de detalhes para as senhoras e um espaço de 11 metros quadrados. Era sim, sem dúvida, uma suíte hoteleira móvel, digna de viajantes donos de grande cultura e civismo. O luxo tradicional de um transatlântico, convertido da realidade no refeitório para os viajantes de Primeira e Segunda classe do novo trem do Reich. Neste restaurante, com capacidade para 130 pessoas e 5 metros de altura, encontrava-se um cardápio do mais seleto cardápio. Na cozinha ocupava-se da ordem e da limpeza.

A rede de trens existente era intocável, segundo os planos. O trem de via larga devia complementar com rua rede trans-continentral as linhas já existentes. Existiam já planos para lançar vias através de todo o continente europeu, até a estação de destino em Rostov, sobre o Don, sobre Kiev e Breslau até Hamburgo. Outra trajetória se dirigia para Istambul, passando por Belgrado, Viena e Munique, dirigindo-se a Paris.

Em novembro de 1941, os soldados alemães entravam em Rostov. Somente um ano mais tarde, deu-se início a tais projetos. Sua missão: iniciar os trabalhos para o novo trem, inspecionando a missão e buscar medidas a serem tomadas.

Fonte:http://historianr.com/ciencia_y_tecnica6.htm

Racismo contra Brancos



Você sabia que os termos Black Power (Poder Negro), Supremacia Negra, Brown Pride, Orgulho Negro são slogans que tem sido aprovados pelas mais diversas empresas e multinacionais para aumentar seu lucro em países com considerável população negra e mestiça. Mas nao é só isso, Orgulho de Cuba, orgulho da India, Orgulho Africano, Black Pride, Orgulho Judeu, amarelo, vermelho e muito mais, tudo em vista a reconhecer uma raça ou etnia, é amplamente difundido ou discursado livremente no nosso país sem nenhuma restrição. Enquanto que termos como Orgulho Branco, White Power, White Pride, Orgulho Ariano, Aryan Pride é rejeitado pela infantilidade de nossa federação. Os brancos arianos estão perdendo identidade não só no Brasil mas, no mundo todo. Experiemente sair com uma camiseta estampada "Orgulho Branco" ou "100% Branco" ou ainda "Aryan Pride", logo voce seria taxado racista. Agora um negro com uma camiseta "100% Negro" ou "Orguho Afro" é simplesmente aceitavel não só para os proprios negros mas por todos os mestiços e a maioria dos Brancos. Quando um negro chama outra pessoa de branquelo/a, leite, sardento, sem cor... passa despercebido, tudo é aceitavel, nada acontece. Agora quando um branco chama alguém de preto, negão, bugre, feijão, de cor... logo somos taxados de racistas. Os negros tem o Dia da Consciência Negra, os índios tem o Dia do Índio, se tivéssemos o Dia do Orgulho Branco logo seríamos taxados de racistas. Os negros tem A Liga da Defesa Dos Direitos Afrodescendentes, os judeus tem a Aliança Israelita e nós, se tivéssemos uma liga dos direitos dos brancos seriamos taxados racistas, e pior quando nos orgulhamos de nossa cultura europeia, de nossos antepassados (são poucos os verdadeiros que se orgulham), de nossa raça, de nosso sangue ariano somos tidos como racistas! os brancos Arianos não tem direito a ter orgulho racial, enquanto que outras raças tem esse direito. E para piorar a situação, são os proprios brancos arianos que permitem tal injustiça, com sua propia raça. Nos EUA os negros já possuem escolas para afrodescendentes, bares para afrodescendentes, se tivéssemos uma escola para brancos arianos seriamos logo taxados de racistas.
O orgulho, a estirpe, a cultura dos Arianos está sendo esquecida, cabe a todos fazer uma reviravolta neste processo macabro que está pondo fim aos 8% de Brancos do planeta. Nossa luta deve ser eterna, se você não está engajado nela que tal começar agora??
NON MOLLARE MAI!

Alerta Total: Novidades no Capimunismo Tupiniquim

Alerta Total: Novidades no Capimunismo Tupiniquim: Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net Por Jorge Serrão A República Popular do Brasil já está implantada na prática, mas muita gent...

Cavaleiro do Templo: Deputado Jean Wyllys fica bravo com discurso do Pa...

Cavaleiro do Templo: Deputado Jean Wyllys fica bravo com discurso do Pa...: BLOGONICVS TERÇA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2012 CT : informo ao deputado, já que ele concorda que a pedofilia é algo medonho, que o LUIZ MO...

CENSURA PETRALHA


google censurado Brasil é o campeão de pedidos de censura para o googleO google fornece uma ferramenta com a qual podemos conferir as solicitações pelos governos de diferentes países de dados de usuários e produtos do google e também para remoção de resultados da pesquisa do google ou de conteúdo de qualquer um de seus produtos. É chamado “Relatório de Transparência: Solicitações Governamentais
Update: Como pode ser visto aqui, o último semestre, entre julho de 2010 e dezembro de 2010 ainda não foi divulgado mas teoricamente já deveria estar disponível. Porque será?
Hoje lembrei de ter lido sobre isto em algum lugar e fui conferir a posição do meu saudoso Brasil. Qual a minha surpresa ao verificar o Brasil é campeão absoluto em pedido de remoção de conteúdo e o segundo colocado em pedidos de divulgação de informações, perdendo apenas para os EUA neste último quesito. O governo do Brasil, no período de janeiro até junho de 2010 fez 2.435 solicitações para divulgação de dados e 398 solicitações para remoção de conteúdo. Estes 398 pedidos incluíram 19.806 itens individuais! Destes 398, 67.6% foram cumpridos pelo Google. Apenas para ter uma idéia, a Argentina teve apenas 134 solicitações de dados e 12 solicitações para remoção de conteúdo. Totalmente desproporcional, não? Isto foi apenas naqueles 6 meses, no período anterior, o Brasil foi o campeão em ambos os quesitos: 3.663 solicitações para divulgação de dados e 291 solicitações para remoção de conteúdo. Estão disponíveis apenas estes dois períodos.
transpgoogle 300x196 Brasil é o campeão de pedidos de censura para o google
Ferramenta "Transparency Report: Government Requests"
No Brasil, em relação a remoção de dados, a quebra por produto fica desta maneira, o primeiro número é o número de acoes judiciais e o segundo é a quantidade de itens para serem removidos:
Blogger 15/98, Video 1/1, Gmail, 1/1, Google Maps (fora o Street View), 1/1, Picasa, 1/18318, orkut 99/1045 * 220 pedidos não judiciais, Pesquisa na Web 13/275, YouTube46/67 *1 pedido não judicial
Um total de 15 blogs tiveram informações sobre seus autores passadas para o governo brasileiro, imagino se o meu não estará nesta lista? icon smile Brasil é o campeão de pedidos de censura para o google
De acordo com a UOL, “os números retratados no mapa referem-se a informações que envolvem difamação, crimes de ódio e falsidade ideológica. A pornografia infantil não está retratada nessa ferramenta, de acordo com a companhia, porque o Google remove esse conteúdo imediatamente, assim que identificado, sem a necessidade de notificação.
A seguir uma tabela com os principais países:

Solicitações governamentais para divulgação e remoção de dados

PaísJulho 2009-Dezembro 2009Janeiro 2010 - Junho 2010
Pedido de dadosPedido de remoçãoPedido de dadosPedido de remoção
Brasil36632912435
Argentina984213412
EUA35801234287128
Reino Unido116659134348
Alemanha458188668124
França846<10101725
Áustria<102
Israel30<10304
Austrália1551720014
Índia1061142143030
Itália55057651651
Rússia<10<10
Tabela mostra os principais países que solicitaram informações para o google ou pediram para remover conteúdo
Parece que o judiciário brasileiro nunca ouviu falar em liberdade de expressão ou privacidade. Nestes últimos dias, fomos testemunhas de um dos mais ridículos casos de censura, quando a Xuxa ganhou uma liminar na justiça uma ordem para o google remover dos resultados de sua ferramenta de pesquisas resultados relacionando os termos “xuxa” e “pedófila”. Acabou se dando mal porque em mais uma amostra da força das redes sociais, o termo xuxapedofilia apareceu na lista dos termos mais utilizados no twitter, o que com certeza deve levar mais pessoas a verem suas fotos e filmes.
Estado Policial
Em um relatório anual feito pelo site www.cryptohippie.com, o Brasil aparece em 50º lugar. Este ranking leva em conta diferente aspectos, como retenção de dados telefônicos e digitais, gravação de mensagens celulares, habilidade de rastrear transações financeiras, entre outros. A colocação do Brasil ficou a mesma em ambos relatórios de 2008 e 2010. Da forma como estamos, com leis que permitirão censurar blogs e fórums,  scanners corporais em aeroportos e chips e rastreadores em carros,  muito em breve teremos uma posição digna de vergonha neste ranking.
Fontes: