Free Shoutcast HostingRadio Stream Hosting

segunda-feira, 18 de maio de 2015

BRASIL....ESTÁ DIFICIL!



O país dentro de um cenário de avanço sem obstáculos do socialismo petista ou Neo - socialismo, como queiram denominar tal colcha de retalhos política ou projeto de poder implementado sobre a sociedade brasileira, inicialmente, mas nos últimos anos sobre o continente americano via Foro de SP, mostra diariamente o tamanho do estrago já promovido pela revolução socialista em curso.
Esse estrago não se limita para as questões políticas/ideológicas, econômicas, culturais, mas me refiro o estrago promovido na mentalidade de cada pessoa que vive nesse gigante continental nos últimos 30 anos iludido com a liberdade e a democracia prometida como um mantra para a sociedade que embarcou ingenuamente no discurso dos militantes e da turba criminosa que lutou durante 30 anos para implantar o socialismo via política e posteriormente pela luta armada.
No país onde os criminosos perderam a guerra, se assistiu uma revolução silenciosa através da cultura e da subversão através das ferramentas gramscianas e frankfurtianas desenvolvidas ainda no período do regime democrático militar e que se estendeu de forma lenta e gradual após a redemocratização, que hoje podemos afirmar que foi a terceira tentativa de tomada de poder pela esquerda e que até o momento não teve um efetivo combate para freá-la pela população que foi doutrinada, criada e hoje serve de massa de manobra para a concretização do projeto de poder socialista.
Tudo foi feito e continua sendo praticado para manter a sociedade alienada, dependente e sem saber praticar ou encontrar o rumo certo para desestabilizar e fazer uso de seu poder democrático conforme prevê o modelo de Estado Democrático.
Em 2013, a esquerda já sabia que o período de caos não estava distante, criou os movimentos de rua para lutar pelo Passe Livre que tal movimento foi engrossado por cidadãos desinformados e usados como massa de manobra e culminando com a entrada da tropa de choque juvenil (Black Blocs) configurando a monopolização das ruas pelas esquerdas. Tudo devidamente planejado e executado pela inteligência das esquerdas, banalizando a violência da ala radical e afirmando ser um movimento popular legitimo, o que é uma ficção.
O caos socialista chegou através das eleições e da decadência econômica e os cidadãos inconformados com o calote e com as mentiras e prejuízos promovidos pelo governo socialista tenta de alguma forma se organizar e utilizar o seu poder de cidadão...indo as ruas e pedindo impeachment. Mais uma mostra de desconhecimento da sociedade na análise da política e do cenário dominado e tomado pela esquerda ao logo dos últimos 30 anos com um aparelhamento incrivelmente bem organizado e deixando a sociedade amarrada no legalismo constitucional que não funciona para o cenário político vigente.
Por outro lado, uma parcela de cidadãos inconformados e indignados, porem de uma geração que não foi tão contaminada e doutrinada pelo projeto das esquerdas, se mobilizou e de alguma forma até o momento tenta de forma legal e coerente fazer a sua parte apoiando a Intervenção Constitucional, através da desmistificação das mentiras pregadas pela esquerda por 30 anos e pela doutrinação no sistema de ensino nacional.
Eis o cenário que nos encontramos agora...
A massa de pseudo legalistas defensores do Impeachment não conseguem observar que estão ajudando a esquerda vigente defendo esse processo infrutífero e que só contribui para a permanência da esquerda no poder, pelo simples fato de se manifestarem mostrando toda a contaminação que receberam pelo discurso da esquerda e dos traumas criados pela demonização do regime democrático militar pautado em mentiras que não procuram em momento algum realmente saber da verdade e sair da alienação. Acrescento a essa massa a estratégia desenvolvida e aplicada pela esquerda, que com quem defende o legalismo e tem um status intelectual se torna inquestionável, mesmo sendo desconstruído por provas e fatos.
Dentro do grupo denominado de Intervencionistas o problema pé ainda maior...desconhecimento, necessidade de entendimento do obvio legal e estratégico e um grupo de pessoas que pensam e praticam a mentalidade esquerdista tenta impor seus desejos e práticas como verdade absoluta, sem coerência e sem notarem que fazem exatamente o que a esquerda esperava que acontecesse. Desinformação, desorganização, conflitos baratos, desestimulo da sociedade no que mais importante, formar consciência política.
Qual a defesa desses pseudo lideres intervencionistas? O mesmo utilizado pela esquerda quando refutada e desconstruída...discurso politicamente correto…agressividade…culminando com o discurso vitimista. Agora fica claro o título desse artigo?
Realmente a deformação da mentalidade do brasileiro que sempre foi carente de uma identidade nacional, depois da doutrinação e da intervenção do pensamento socialista ficou mais deformada e mais complicada de se lidar com as pessoas nas relações sociais mais básicas, onde quem não tem conhecimento, não viveu a época em discussão se acha no direito de impor suas opiniões como verdade absoluta, caso contrário se sente humilhado, agredido e não assumindo estar praticando uma atitude do politicamente correto que a esquerda massificou por décadas dentro da sociedade.

Infelizmente a sociedade brasileira está difícil, mas era sabido e notório que a dificuldade do trabalho árduo e demorado de desdoutrinação mais cedo ou mais tarde teria que começar e estamos enfrentando mais uma realidade que pode atrasar a solução do problema nacional. O Socialismo!