Free Shoutcast HostingRadio Stream Hosting

domingo, 28 de maio de 2017

Venezuela com Tareck El Aissami no poder… Emma Sarpentier para Rede Bunker da Cultura

Emma Sarpentier para Rede Bunker da Cultura

Nicolas Maduro foi afastado do cargo pelo parlamento venezuelano ( Com maioria da oposição) no dia 9 de janeiro sob o disfarce de “abandono do dever” previsto na Constituição até aqui, para o leitor pode parecer um Triunfo da” oposição sobre o regime que representa o Ditador Maduro, mas não é assim .
A oposição social democrata conivente com o Ditador, tinha muitas razões para afastar o Maduro, um desses motivos poderia ser a nacionalidade de Nicolás Maduro (Ele não foi capaz de acreditar até agora que é Venezuelano ). No entanto, a oposição que se tornou maioria desde janeiro de 2016 não só permitiu o Maduro continuar usurpando o maior cargo do Poder Executivo também permitiu o Maduro nomear como Vice-Presidente a quem agora governa de Facto, seu Vice presidente Tarek El Aissami, um homem com descendência síria e ligado à organização terrorista Hezbolah .
Tareck El Aissami chegou ao Chavismo sugerido por Fidel Castro e é um homem da linha-dura do Castrismo. A linha-dura do Castrismo assume então o controle do Chavismo e Irã colocou seu homem forte no poder da Venezuela.
A oposição Social-Democrata permitiu que este personagem sinistro , acusado como colaborador da organização terrorista islâmica Hezbollah seja nomeado como vice-presidente.
Desde a visita do presidente iraniano a Caracas em Setembro de 2016 a figura de El Aissami começou a crescer .O presidente iraniano teria proposto ao Chavismo para assumir o controle da desastrosa economia venezuelana , mas exigiu que seu homem (Tarek El Aissami) leve diante o destino da Venezuela
Para o regime cubano esse movimento de xadrez foi perfeito
El Aissami é o seu homem de confiança também . O Fóro de São Paulo, o Chavismo e Irã sempre tiveram uma relação estreita e sua luta sempre foi contra os Estados Unidos e Israel, e para essa finalidade têm utilizado os recursos da Venezuela.
O Chavismo e vários Países do Mercosul concederam passaportes para os terroristas islâmicos e a partir de Caracas Tarek El Aissami e Hugo Chávez têm financiado Hezbollah.
Fidel Castro, sempre prometeu que Cuba, Venezuela e Irã colocaram de joelhos aos Estados Unidos.
E é por isso que veio Tarek El Aissami para endireitar o leme de uma “revolução” que cambaleia.
O Parlamento Venezuelano nem o Tribunal de justiça comunicaram ao mundo que Nicolás Maduro foi afastado do poder.
Maduro foi Afastado do cargo mas contínua a reagir como presidente.
O homem forte do Irã, Tarek El Aissami foi incluído na lista de Narco-Terroristas pelo Governo dos Estados Unidos,mas é quem conduz o destino da Faminta Venezuela.