Free Shoutcast HostingRadio Stream Hosting

quinta-feira, 2 de agosto de 2018

O mau caritismo jornalistico historico que nos é apresentado para consumir!

O meios midiáticos dominados por jornalistas, historiadores e sociólogos de esquerda criaram uma historia sobre o nacional socialismo e seu personagem ícone, Hitler que se perpetua por décadas. 
Em época eleitoral. esses militantes midiáticos aproveitam para resgatar a mentira histórica e tentam comparar com os cenários atuais.
Vejamos o que esse meio midiático especializado em historia, nos apresenta como matéria de interesse e onde está o mau caratismo na matéria apresentada para consumo de uma sociedade que apenas replica e não tenta entender e muito menos buscar a verdade, já que sofre de preguiça intelectual endêmica.

"No dia 2 de agosto de 1934, Adolf Hitler assumiu o poder na Alemanha, fundindo as funções de presidente e de chanceler, passando a se auto-intitular de Líder (Führer), em medida aprovada pelo parlamento. Alguns dias depois, em 19 de agosto de 1934, ele foi confirmado nesta função por 89,9% do eleitorado em um plebiscito. Hitler aproveitou-se da situação econômica miserável em que se encontrava a Alemanha após o Tratado de Versalhes para usar os meios de comunicação e conquistar o apoio da população."

Analisamos algumas citações:

"Adolf Hitler assumiu o poder na Alemanha, "fundindo" as funções de presidente e de chanceler, passando a se auto-intitular de Líder (Führer), em medida aprovada pelo parlamento. Alguns dias depois, ele foi confirmado nesta função por 89,9% do eleitorado em um plebiscito."

Tal fato aconteceu, mas não com a conotação autoritária que o redator tenta passar. Afinal, ele se tornou o Führer através dos votos do parlamento eleito pelo povo e reiterada decisão em plebiscito. Aí, pergunto....se tal fato fosse com a esquerda ou a social democracia seria visto como algo nocivo para a sociedade?
Por obvio que não, afinal a esquerda tem solução para salvar o planeta.

"Hitler "aproveitou-se" da situação econômica miserável em que se encontrava a Alemanha após o Tratado de Versalhes para usar os meios de comunicação e conquistar o apoio da população."

O redator na sua tendenciosa maneira de expor o fato utiliza o termo aproveitou-se para tentar demonstrar a esperteza ou a maldade na ação.
Só tem um detalhe...um politico de oposição como foi Hitler, não pode e nem se aproveitou de nada, apenas se apresentou com projeto para tirar o país e a sociedade do caos que a social democracia mantinha desde que foi empossada pelos aliados após final da 2ª guerra.
Outra pergunta que desmonta a afirmação do redator:
Que politico ou partido pode ser visto e ouvido se não através dos meios de comunicação disponíveis?

É claro e simples a tendenciosa maneira de apresentar e contar fatos históricos que diz respeito aos que combateram e extirparam a esquerda marxista do cenário com trabalho e prosperidade real.
Mas se todos esses fatos tivesse acontecido com a esquerda ou a social democracia seria festejada como algo natural  e nada negativo.

Para os interessados, abaixo alguns links para conhecer e aprofundar na verdade histórica do Nacional Socialismo e o único debate público com registro entre Hitler que era oposição e o social democrata da oposição.

http://inacreditavel.com.br/wp/fundamentos-economicos-do-nacional-socialismo

http://inacreditavel.com.br/wp/como-hitler-se-livrou-da-escravidao-dos-juros

http://inacreditavel.com.br/wp/nacionalismo-e-socialismo-por-hermann-goering

https://www.youtube.com/watch?v=x3rVx0aIXlQ